Terceirizados da Saúde passam a receber salários atrasados

Após meses de salários atrasados, funcionários terceirizados das Empresas Líder e Petro Serviços que atuam nos hospitais 28 de Agosto, João Lúcio e Instituto Dona Lindu, começaram a ter seus pagamentos regularizados.

De acordo com os diretores das empresas, o valor que deveria ser repassado para execução de pagamentos dos funcionários estavam atrasados há vários meses com um débito passivo inclusive de gestões anteriores.

Para não ter interrupção na prestação dos serviços, os empresários relatam que recorreram a empréstimos bancários. Alguns contratos estavam há mais de sete meses em atraso por parte do governo.

Segundo o representante da empresa LIDER SERVIÇOS a prestação dos serviços realizados está dentro dos padrões da exigência do contrato. “Apesar de toda as dificuldades enfrentadas temos honrado com os EPI’s, Vale Transporte, Vale Alimentação e o Recolhimentos de todos os Impostos de Forma Geral dos nossos funcionários. A nossa empresa cumpri com todas as exigências para execução para atividades. Temos COREN, CRM, responsável técnico de radiologia, todos devidamente registrados nos devidos órgãos competentes”. Diferentemente de outras empresas do mesmo ramo de serviços que não estão devidamente regularizadas e inclusive quarteirizando os serviços. Ressaltou o diretor.

O Governo do Estado, em parceria com os empresários, busca meios para quitar os pagamentos de todos os funcionários e manter o serviço dentro da normalidade.

Segundo informação da Petro, recentemente a empresa recebeu apenas um pagamento dos valores que estão em aberto, referente os serviços de Maqueiro e APG no Instituto da Mulher Dona Lindú e pagou dois meses de salário, tentando regularizar o pagamento de seus funcionários, e segundo a própria a empresa o governo está devendo quatro meses da gestão anterior e dois meses da gestão atual, sendo que a empresa não está devendo todos esses meses aos seus servidores, sendo que a empresa já pagou todos os impostos, Vale Transporte e Alimentação de todos os servidores da empresa, para manter o funcionamento dos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *