Terapia para tratar feridos na Primeira Guerra é a nova sensação nos tratamentos estéticos

Você já ouviu falar de Ozonioterapia? O método desenvolvido na Alemanha durante a primeira Guerra Mundial, no início do século XX, começou a ganhar clínicas de estética no Brasil desde o ano passado, em virtude de inúmeros benefícios obtidos, por exemplo, em tratamentos para redução de medidas, combate a celulite, estrias e no rejuvenescimento da pele. A eficácia é tamanha que o método terapêutico promete deixar a famosa ‘carboxterapia’ para trás.

O leque de aplicações da Ozonioterapia é variado e não se restringe à estética. Pesquisadores brasileiros se debruçaram sobre a terapia a tal ponto que o país tem, atualmente, a quinta maior produção de conteúdo científico sobre o assunto. Essas vantagens estudadas e descobertas em laboratórios vêm ganhando cada vez mais adeptos.

Segundo a fisioterapeuta Emily Soares, da clínica Entrelaço Saúde Integrada, que oferece de forma pioneira em Manaus o tratamento, outro ponto favorável é a celeridade dos resultados alcançados. A procura maior é das mulheres, de olho nas novidades para cuidar da saúde e da beleza.

“Tem um resultado cerca de cinco vezes melhor que a caborxterapia. A resposta é rápida para a perda de gordura do corpo, redução da flacidez, da estria e das rugas. A ozonioterapia, que é feita a partir da mistura dos gases ozônio e oxigênio, atua como um agente de limpeza de cavidades, nutrindo a pele, gerando estímulos fisiológicos que ativam a microcirculação e ajudam na regeneração das células”, disse a fisioterapeuta, que é habilitada para trabalhar com a técnica em Manaus.

Aliada à questão estética, a ozonioterapia também vem sendo usada para tratar lesões causadas pelo diabetes. “Entre outras coisas, estimula a cicatrização e é extremamente vantajoso o emprego nesses tipos de lesões”, enfatizou. 

Apesar de só agora começar a se popularizar no país, a terapia é empregada desde o seu nascimento com a finalidade médica. No período da Guerra, foi usada para melhorar a resposta ao tratamento de soldados feridos em combate. As ações anti-inflamatória e antisséptica e os resultados na modulação do estresse oxidativo, na melhora da circulação e oxigenação periférica, são reconhecidas em mais de 50 países.

A clínica Entrelaço Saúde Integrada está localizada na Rua Vinca, 75, bairro Crespo, zona sul de Manaus. O telefone de contato é (92) 98159-2491. No Instagram e no Facebook, os interessados podem acompanhar um pouco mais sobre o tratamento no perfil @entrelacosaude.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *