Simão Peixoto, prefeito de Borba é notificado a devolver R$ 1,4 milhão por obra não executada

Por meio do ofício nº 0022654/2019 assinado pelo secretário de Estado de Infraestrutura, Carlos Henrique dos Reis Lima, o prefeito do município de Borba, Simão Peixoto Lima, foi notificado a devolver aos cofres do Estado a quantia de R$ 1.421.364,40 (um milhão quatrocentos e vinte e um mil , trezentos e 64 mil reais) por irregularidades no cumprimento de contrato de obras de pavimentação no município que não foram realizada. O prefeito tem quinze dias para fazer a devolução do dinheiro a partir do dia 2 de julho.

A devolução da quantia é resultado de irregularidades detectadas por meio de instauração do procedimento de Tomada de Contas Especial feita por meio da portaria 00758/2018, publicada no dia 11 de dezembro de 2018 pela Seinfra.

No apuratório foi constatado que o contrato foi firmado entre o prefeito Simão Peixoto e o então governador Amazonino Mendes para a liberação do recurso e a realização da obra.

O objeto era a pavimentação dos distritos do Axinim e Canumã, na zona rural de Borba. Relatório da Seinfra indicou que os recursos foram liberados para a compra de material, mas a obra jamais foi executada pelo prefeito Simão Peixoto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *