Segunda Feira do Polo Digital de Manaus irá consolidar o ecossistema digital

A segunda edição da Feira do Polo Digital de Manaus promete grandes novidades e vai aproximar o ecossistema de tecnologia e a sociedade manauara. O evento é promovido pelo Codese Manaus (Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus) e nesta edição traz o tema “Manaus Inteligente”, apresentando o que há de mais inovador na Indústria 4.0, além de proporcionar um ambiente para networking e novos negócios.

A Feira acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de outubro, das 14h às 19h, no Studio 5 Centro de Convenções, e conta com o suporte técnico do Polo Digital de Manaus e da Câmara de Tecnologia de Inovação, do Codese. “É uma oportunidade para o ecossistema se integrar em um único local. Serão três dias intensos de conhecimentos por parte do público em geral e dos atores do ecossistema, objetivando principalmente desenvolver uma nova matriz econômica, baseada em conhecimento, em tecnologia e mão de obra especializada”, afirma o empresário Antônio Azevedo, presidente do Codese.

Resultados do ano passado

A primeira edição contou com 129 palestrantes, 93 organizações entre empresas, instituições e startups que desenvolvem os mais variados produtos e soluções tecnológicas nas áreas de telefonia celular, games, e-commerce, comércio varejista e atacadista, infraestrutura de rede, arte em 3D, financeiro, jurídico, entre outros. Além de ter recebido público superior a 15 mil pessoas durante os três dias de evento.

Capital intelectual e negócios

Uma preocupação da feira é incentivar a busca pela formação tecnológica e o empreendedorismo. Para isso, a organização não está medindo esforços em reunir grandes palestrantes, workshops e agentes de fomento do setor público e privado, visando o desenvolvimento de novos negócios.

Em 2019, a Feira do Polo Digital de Manaus contará novamente com várias startups expondo suas soluções inovadoras e espera receber o apoio e engajamento de mais empresas do setor digital e segmentos que têm utilizado a tecnologia para facilitar o dia a dia das pessoas.

Segundo Antônio Azevedo, o evento faz parte das metas do Codese em desenvolver um plano estratégico para Manaus até 2038. “Temos como metas ter dois terços do PIB vindo de atividades com enraizamento regional, colocar Manaus entre as dez melhores cidades para se viver e entre as vinte melhores para se investir em negócios no Brasil”, finaliza Azevedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *