Saullo Vianna não perde mandato em caso de expulsão do Cidadania

O deputado Saullo Vianna, eleito com 27.880 votos pelo então PPS, atual Cidadania, não perderá o mandato caso o partido formalize procedimento de expulsão.

A decisão, anunciada essa semana por dirigentes do Cidadania, seria em razão de Saullo pertencer à base aliada do Governo Wilson Lima (PSC). A informação foi publicada pela jornalista Rosiene Carvalho.

Segundo especialistas em Direito Eleitoral, em caso de expulsão não há infidelidade partidária por parte dos parlamentares. Inclusive existem vários casos similares tanto no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do TRE-AM (Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *