Sargento da PM baleado em Coari morre após 12 dias internado

Baleado no abdômen e braço direito, sargento foi alvejado por homem que prendera em outra ocasião.

Manaus – O sargento da Polícia Militar (PM) Jucimar Manuel Alves Mesquita, 42, morreu na madrugada deste domingo, no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus. Ele foi atingido com quatro tiros, no último dia 2 deste mês, no município de Coari, distante 363 quilômetros de Manaus por um suspeito, conhecido como ‘Nego Drama’, que morreu em um tiroteio com a polícia, no mesmo dia do crime, segundo a irmã da vítima, a dona de casa Josielma Alves, 35.

Policial estava internado no Hospital 28 de Agosto. Foto: Eraldo Lopes
Policial estava internado no Hospital 28 de Agosto.
Foto: Eraldo Lopes

De acordo com o registro de mortes do Instituto Médico Legal (IML), o PM foi atingido pelos disparos na Rua 2, no bairro Campo do Oriente, em Coari.

Conforme Alves, o sargento da PM estava chegando em casa, quando foi surpreendido pelos tiros de Negro Drama. “Esse homem estava de tocaia esperando meu irmão chegar na casa onde morava. O Jucimar já tinha prendido ele. Por vingança, o Nego Drama o matou, mas depois se envolveu em um tiroteio com policiais e foi assassinado”, disse a irmã do policial.

Jucimar foi levado para um pronto-socorro no município de Coari, sendo logo transferido para Manaus, onde não resistiu aos tiros no abdômen e braço direito. O corpo do sargento foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), por agentes da Polícia Civil, na manhã deste domingo.

O assassinato foi registrado na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, onde foi aberto um inquérito policial para investigar o crime.

 

Matéria: Thiago Monteiro
Fonte: D24

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *