Polícia Federal diz que Odebrecht deu prejuízo de R$ 5,6 bilhões à Petrobras

Peritos fizeram o estudo sobre dez obras da empreiteira com a estatal do petróleo com valores acima de 100 milhões de reais. Rombo pode ser ainda maior

A empreiteira Odebrecht deu um prejuízo à Petrobras de 5,6 bilhões de reais. A conta foi feita por peritos da Polícia Federal e faz parte de um laudo anexado a um dos inquéritos da Operação Lava-Jato que tem entre os indiciados o empresário Marcelo Odebrecht e o ex-diretor da Petrobras Renato Duque.

Ex-Presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht

O prejuízo causado pela empreiteira à estatal pode ser ainda maior, uma vez que o laudo não abarca todos os contratos da Odebrecht com a Petrobras. Os peritos limitaram o trabalho aos contratos com valores acima de 100 milhões de reais firmados entre 2003 e 2014. Com isso, o trabalho ficou limitado a dez licitações da construtora junto à estatal do petróleo.

O trabalho também não engloba os chamados aditivos dos contratos, que aumentam os valores das obras e serviços.

Entre as dez obras da Odebrecht que passaram pelos cálculos dos peritos estão a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, Comperj, e a Refinaria Presidente Getúlio Vargas, no Paraná.

Para a PF, os prejuízos causados pelo cartel de empreiteiras têm “efeitos devastadores” na economia do país. Há, segundo os peritos, um prejuízo direto, decorrente da apresentação de propostas com preços de obras e serviços artificialmente majorados.

“Esse superfaturamento pode ter sido transformado em lucro excessivo, pagamento de propinas, repasse a empresas do grupo cartelizado, contrato de consultorias fraudulentas e até mesmo consumido por má gestão contratual das empresas executoras dos contratos destacados, uma vez que a Petrobras pode ter deixado de contratar a empresa mais competitiva para cada obra”, diz o laudo.

 

Com Informações do Portal Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *