Polícia do Amazonas e Marcelo Ramos respondem áudio de Arthur

A cúpula da Polícia Civil do Amazonas e o deputado federal eleito, Marcelo Ramos (PR) manifestaram repúdio ao áudio do prefeito de Manaus, Arthur Neto que circulou nas redes sociais na noite de sábado, 20 de outubro. Arthur acusou a polícia de forjar denúncia de compra de votos para Wilson Lima em Codajás.

Em nota, a Polícia Civil disse que prefeito foi “leviano” ao colocar sob suspeita o trabalho de apuração e investigação realizado, em conjunto com a Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) no município de Codajás, na última sexta-feira, 19 de outubro.

Na operação denominada de “Navalha”, foram apreendidos mais de R$ 17 mil em espécie, armas, celulares além da delegada que atuava no município e traficante conhecido como “Didi”.

Em seu depoimento à polícia, Didi afirmou que o dinheiro seria usado para compra de votos a favor do candidato ao governo pelo PSC, Wilson Lima. Para o prefeito Arthur, a atuação da PC auxiliou a campanha de Amazonino Mendes (PDT), atual governador e candidato à reeleição.

Marcelo ataca

Marcelo mandou um recado para Arthur Virgílio: “Arthur, o povo de Manaus cansou da tua conversa fiada, da tua incapacidade de administrar a cidade. Toma vergonha. O teu fim tá muito próximo. O povo de Manaus não te suporta mais. Você deveria abandonar a prefeitura, renunciar. E dar chance pra Manaus retomar um caminho de renovação de prosperidade”.

Marcelo Ramos disse ser “impressionante o cinismo e oportunismo que são marcas da vida publica dele. O cinismo de se meter num assunto em que ele já foi escorraçado”, disse, ressaltando que o povo de Manaus “escorraçou” o prefeito Arthur Neto já no primeiro turno da eleição”. O povo de Manaus já disse, segundo Marcelo Ramos, que não quer nem ele e nem ninguém dele perto da política. “Todos os seus candidatos, absolutamente todos, que tiveram qualquer identificação com ele, foram vergonhosamente derrotados”.

O deputado diz ainda na mensagem que “o oportunismo de quem foi fragorosamente derrotado, ridiculamente escorraçado pelo povo de Manaus, tenta se agarrar, a todo custo e de forma oportunista, a uma possível vitória que não é dele”.

No final da mensagem Marcelo Ramos Dispara: “Arthur, Você há muito tempo tenta disfarçar a sua incompetência política e administrativa tentando criar factóide eleitoral. O factóide eleitoral que te marca, nesta eleição, foi a derrota fragorosa no primeiro turno de todos os seus candidatos. Não tem mais espaço pra ti Arthur. Esquece.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *