O Príncipe virou sapo?

Você estava lá, sozinha, carente, no seu canto solitário, quando não mais que de repente surge ele, lindo, másculo, a resposta dos seus desejos.

SapoE então começa o conto de fadas, amor, paixão, carinho, companheirismo, só faltava os pássaros cantarolarem por onde vocês passavam.

E num belo dia, você acorda, olha para o lado, e vê que, sem mais nem menos, estava acordando ao lado de um sapo!

Infelizmente, foi a sua visão que estava deturpada. Na verdade o sapo nunca foi príncipe, ele sempre foi, somente, um homem.

Nós mulheres, influenciadas pelos filmes e romances, ou não, temos a tendência a fantasiar os relacionamentos que vivemos, tornando os homens reais, com suas qualidades e defeitos, em verdadeiros heróis gregos.

Então o príncipe encantado não existe? Ele existe sim, mas não da forma que o filme da Cinderela retrata.

O Seu “príncipe”, assim como você, acorda com mau hálito, tem chulé, arrota, e tem seus dias ruins.

O verdadeiro “príncipe encantado” é aquele homem que está disposto a compartilhar a vida dele com você, que gosta do futebol, mas no final da novela, fica perguntando tudo sobre cada personagem, que vai gostar de ficar do seu lado, só por ser você…

É a nossa expectativa que tem que mudar. Não é o seu companheiro que te completa. Você é um ser único, inteiro, não precisa da sua outra metade. Você se completa.

Quando percebe isso, começa a entender que o outro também é um ser completo.

E porque dois seres que já são completos precisa um do outro? Para compartilhar o que temos de bom e ruim, e assim começarmos um ciclo de dar e receber, onde nossas energias se renovam e fazemos com que a energia dos nossos companheiros se renove também.

Esse é um grande diferencial na saúde dos relacionamentos. As expectativas já não serão feitas em cima de algo que não existe, e sim com base em um relacionamento maduro, onde você também é responsável.

Quando atingimos essa maturidade, passamos a enxergar o “sapo” por outro ângulo, e descobrimos que ele não é tão asqueroso como parece, na verdade ele é até bonitinho!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *