“Não dá para desmontar a Zona Franca”, afirma Rodrigo Maia em passagem por Manaus

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Democratas) fez uma passagem rápida em Manaus, nesta quinta-feira (24) em busca do apoio dos deputados federais que farão composição da nova bancada do Amazonas, para o segundo mandato da presidência da Casa do Povo. Maia aposta na defesa da Zona Franca de Manaus e no investimento em infraestrutura para conquistar o apoio dos amazonenses.

“É um projeto que temos que reafirmar a sua importância na preservação do meio ambiente e na geração do emprego. Não dá para desmontar aquilo que foi construído sem colocar nada no lugar, senão vamos gerar milhares de desempregados e um abandono do estado do Amazonas”, disse Maia.

Maia foi recebido no Aeroporto Eduardo Gomes pelo companheiro de partido Pauderney Avelino, seguindo para casa do senador Omar Aziz (PSD), que ofereceu um almoço para tratar do apoio à reeleição. Seis deputados federais eleitos participaram do evento: o delegado Pablo Oliva (PSL), Bosco Saraiva (SD),  Capitão Alberto Neto (PRB), Marcelo Ramos (PR), Sidney Leite (PSD) e Silas Câmara (PRB).

A candidatura de Maia tem recebido o apoio de vários partidos como PSL, PSD, PDT, PRB, PSDB, PROS, PR, PPS, PSC e Podemos, além do Democratas. Os deputados José Ricardo (PT) e Átila Lins não participaram encontro. O PT de José Ricardo não definiu quem irá apoiar neste processo. Cogita-se que o PT una-se ao PSB e PSOL para se opor à Maia. Já o PP deve lançar o nome de Artur Lira (AL) com o apoio do MDB para disputar a presidência da Câmara.
“Estamos conversando com todo mundo e eleição é diálogo e é o que a gente tem feito e vamos fazer até o dia primeiro”, comenta Maia sobre o apoio dos demais partidos.

Texto e foto: Murilo Monteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *