Motoristas de aplicativos protestam contra aumento no preço da gasolina

Desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (28),  motoristas de aplicativos bloqueiam a entrada da Refinaria de Manaus (Reman) , na estrada do Marapá, no  Distrito Industrial, impedindo que os caminhões-tanques saiam para fazer o abastecimento de combustíveis nos postos de combustível da cidade.

A medida foi tomada para forçar a direção da refinaria Isaac Sabbá a forçar os empresários donos de postos a diminuírem o valor do combustível nas bombas.

A motorista de aplicativo, Kátia Souza, explica que o Governo Federal já fez desde o mês de maio, quatro reduções no preço da gasolina nas refinarias que alcançam uma média  de 16%.  Mas ao invés de reduzir o preço do combustível, os donos de postos fizeram foi aumentar o preço.

Kátia  Souza explica que a gasolina que antes era vendida a 3,99 reais o litro nas bombas agora está custando uma medida de 4,99. “Ao invés de diminuírem o preço, esses empresários gananciosos fizeram foi aumentar”.

Cerca de 80 motorista de aplicativos do Uber e 99 permanecem bloqueando a entrada da refinaria e dizem que só irão liberar entrada e saída de caminhões-tanques quando as refinarias pressionarem os postos a diminuírem o preço dos combustíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *