Instituto Amar realiza sua primeira ação solidária em Novo Airão

O recém-criado Instituto Alba Marcela de Almeida Rodrigues (Amar) realizou sua primeira ação de cidadania na manhã deste sábado, 1º de dezembro, no município de Novo Airão. Realizada em parceria com profissionais de diversas áreas e a empresa Líder Serviços, que disponibilizou uma ambulância de UTI para atendimentos, a atividade ofereceu atendimento médico, consultas, distribuição de medicamentos, entre outros.

De acordo com o coordenador do Instituto, Francisco Almeida, que é filho da matriarca da instituição, o interior do Estado é muito carente de ações do tipo. Segundo ele, depois de Novo Airão, os municípios de Iranduba, Rio Preto da Eva, Manacapuru e presidente Figueiredo devem ser os próximos atendidos.

“Minha mãe antes de falecer me pediu para que criássemos o Amar para ajudar as pessoas e com o apoio dos profissionais, que vieram de forma voluntária, conseguimos fazer esta primeira grande ação aqui no nosso município sede”, afirmou Francisco.

A ação de cidadania teve a participação de 89 profissionais, principalmente da área de saúde com atendimentos nas áreas de oftalmologia, pediatria, ginecologia, obstetrícia, odontologia, otorrinolaringologia, clínica geral e ainda houve assistência jurídica gratuita. De acordo com os coordenadores, a meta é atender pelo menos três mil pessoas.

“As famílias não têm acesso a tantas especialidades médicas no hospital de Novo Airão ou nas Unidades Básicas de Saúde. Assim, essa ação que realizamos hoje é de extrema importância, uma vez que evita com que estas pessoas tenham de se deslocar para a capital, muitas vezes mesmo sem condições financeiras”, afirmou a Simone Mendes, enfermeira responsável por toda a atividade de Saúde.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *