Hospitais de excelência vão reforçar saúde no Amazonas, confirma Mayara

O Seminário “Gestão de Excelência em Saúde dos Municípios do Amazonas”, promovido pela Comissão de Saúde e Previdência da Assembleia Legislativa (Aleam), reuniu nesta sexta-feira (18) representantes de grandes hospitais brasileiros, assim como prefeitos e secretários municipais de saúde.

O evento visa dar conhecimento sobre o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi SUS) e é fruto da parceria entre a deputada estadual Mayara Pinheiro (PP) e o deputado federal Marcelo Ramos (PR).
Com o Proadi SUS, os municípios podem ter acesso a diversos projetos desenvolvidos por hospitais categorizados como “Entidades de Saúde de Reconhecida Excelência”.

São eles: Hospital Albert Einstein (SP), Hospital Sírio Libanês (SP), Hospital do Coração (SP), Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP) e Hospital Moinhos de Vento (RS). Os projetos vão desde gestão em saúde até capacitação de pessoal, assim como compartilhamento de tecnologias com os hospitais ligados ao SUS.


“Com este seminário nós queremos levar a todos os prefeitos e secretários municipais mais uma alternativa para alavancar a saúde no Amazonas. Cidadãos dos lugares mais distantes poderão ter acesso as mesmas tecnologias em saúde adotadas por hospitais de renome nacional”, afirmou a deputada estadual e presidente da Comissão de Saúde na Aleam, Dra. Mayara Pinheiro.


O secretário de estado da Saúde no Amazonas, Rodrigo Tobias, marcou presença e destacou a importância da atuação de Mayara na presidência da Comissão. “Queria agradecer sua ajuda na Comissão de Saúde. Seu papel é muito importante na Assembleia Legislativa para esses avanços”, pontuou.


Principal articulador junto ao Ministério da Saúde para a realização do Seminário, o deputado federal Marcelo Ramos reforçou a importância da assistência básica de saúde e como ela é necessária para a melhoria da saúde no Brasil. “Investir na atenção básica de saúde é respeitar a constituição. O que promove a saúde é a atenção básica. Que possamos fazer desse seminário uma ação constante de defesa da nossa saúde”, afirmou.
O Seminário ocorreu na sede da Assembleia Legislativa do Amazonas, no auditório Senador João Bosco.

Quem paga

O Proadi SUS é financiado com recursos de isenção fiscal (COFINS e cota patronal do INSS), concedidos aos hospitais filantrópicos de excelência reconhecidos pelo Ministério da Saúde, e que apoiam a promoção da melhoria das condições de saúde da população brasileira. 
Atualmente as Entidades de Saúde de Reconhecida Excelência (ESRE) com Termo de Ajuste firmado com o Ministério da Saúde para o Triênio de 2018-2020, e que estão aptas a apresentar propostas e projetos ao programa, são: Hospital Albert Einstein (SP); Hospital Sírio-Libanês (SP); Hospital do Coração (SP); Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP) e Hospital Moinhos de Vento (RS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *