Homem é morto a tiros na frente da esposa e do filho

Homem chegou a contar ao pai que desafeto mandou matá-lo.
Crime ocorreu no bairro Gilberto Mestrinho, na Zona Leste.

William Figueira Vasconcelos (Foto: Arquivo Pessoal)

O pintor William Figueira Vasconcelos, de 27 anos, foi baleado com diversos tiros na noite deste domingo (5), em frente à casa dele, na Rua Itacira, no bairro Gilberto Mestrinho, na Zona Leste de Manaus. A caminho do hospital, ele chegou a contar ao pai que um desafeto mandou matá-lo. Polícia Civil investiga caso.

Francimara Colares, 33, irmã de William, contou que ele estava sentado na frente de casa com a esposa e o filho de 2 anos quando foi alvejado.

“Chegou esse homem na moto e não falou nada. Meu irmão pediu ‘não faz isso’, mas ele foi atirando. Meu irmão empurrou o filho e a esposa para dentro de casa e ficou caído lá”, relata. O suspeito fugiu em seguida.

William foi socorrido pela família e levado ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. No caminho do hospital, o pintor disse ao pai que um desafeto com quem brigou há cerca de dois meses foi o mandante do crime.

“Meu irmão e esse cara brigaram em uma partida de futebol no campo lá perto, aí ele mandou dar um tiro na perna do meu irmão. Ele estava até sem poder andar por causa disso. Antes de morrer ele disse que foi esse homem que mandou fazer isso com ele”, afirma a irmã.

Segundo a família, William foi morto com cerca de 10 tiros. O caso foi registrado no 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros.

 

Com Informações do G1 Amazonas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *