Eu finjo, tu finges e Elas também fingem – Por Lene Campos

Recebi a sugestão de escrever sobre o tema e então vamos lá.

Nós mulheres temos uma capacidade admirável de fazer mil coisas ao mesmo tempo, e já foi comprovado que exercemos nossas funções com mais habilidade do que muitos homens.

Lene Campos  Trabalha com Atendimento em uma Agência Publicitária,  estuda marketing, é apaixonada por gatos e por histórias divertidas.
Lene Campos
Trabalha com Atendimento em uma Agência Publicitária,
estuda marketing, é apaixonada por gatos e por histórias divertidas.

E mesmo com tantos dados que comprovem todo nosso potencial, ainda existem homens que Não acreditam que uma mulher pode sim, fingir na cama. Mas queridos, não se preocupem: não fazemos isso por maldade ou por que você já não e tão importante, pelo contrário, acredito que uma mulher só finge pra agradar  e para não desapontá-lo e prova de amor maior que essa tá bem difícil de encontrar . Ate porque hoje ninguém precisa estar com outra pessoa forçada. Temos livre arbítrio, sempre tivemos, porém hoje usamos mais. (rsrsrrsrsrs)

A mulher finge por conta de um dia cansativo, por tantas turbulências no trabalho, por que o sexo virou rotina, por falta de criatividade de ambos a relação se tornou monótona e chegar lá as vezes se torna tão distante . Melhor dar uns gritinhos e fazer você se sentir o tal…

Fingimos por que olhar pra você com uma carinha de “Sou o fodão“ ao nosso lado, nos deixa em paz, nos acalma e seus braços se tornam mais confortáveis quando você está seguro. Na maioria das vezes fingir um orgasmo é fundamental para a paz e a harmonia em uma relação.

E vou logo dizendo: fingir não tem nada a ver com se igualar as prostitutas ou coisa parecida. Muito menos ser fria. Tem muito mais haver com tentar ser delicada e agradável. E ter um amor e um carinho enorme por um homem. Por que caso, contrário, não hesitaríamos nem um pouco em dizer não estou afim, não quero e você é péssimo na cama .

Mas acredito que isso não deva virar rotina, caso contrário, como diz meu irmão: “Tem alguma coisa errada que não tá certa “  e persistindo os sintomas , a relação precisa ser avaliada e achar aonde há falhas para serem corrigidas .E uma boa conversa ajuda bastante.

E pra encerrar o assunto:

Queridos Homens, assim como vocês, as mulheres também aprenderam que tanto no sexo como na vida nem sempre podemos ser 100% verdadeiros.

 

 

Acompanhe a Lene Campos no Facebook

Quer me contar tua história? Então me escreve: trintaeumashistorias@gmail.com 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *