Em Careiro Castanho, conferência de comunicação realiza troca de experiências entre profissionais de várias gerações

A 1ª Conferência de Comunicação do Careiro Castanho, foi realizada na noite da última segunda (21) no auditório da Secretaria Municipal de Educação. O evento contou com a participação de autoridades locais e convidados especiais, como os palestrantes da noite, Jackson Salvaterra, correspondente do interior pela TV em Tempo, afiliada SBT Brasil e o jornalista William Gaspar falando sobre o potencial do mercado no interior do estado. A noite contou ainda com as presenças ilustres dos pioneiros da comunicação no Careiro, como o “Cearazinho” da famosa voz “Bandeirantes”. Segundo ele, “o microfone foi feito para todo mundo usar, mas nem todo mundo, foi feito para o microfone”.

A noite da comunicação no Careiro Castanho deixa inúmeros legados, desde a valorização dos profissionais locais, o compartilhamento de experiências com os colegas e estudantes do ensino médio que se identificam nessa área e sugestões ao legislativo sobre questões importantes, como, a alteração do nome do município que é registrado oficialmente apenas como Careiro. Segundo o Vereador Júnior Enfermeiro do PROS, já há um pedido em tramitação e que está em fase de instrução sobre os procedimentos que precisam ser tomados para acrescentar o nome Castanho oficialmente. A justificativa para essa ação é que o nome, Careiro Castanho é popularmente falado pelas pessoas. A outra questão são as correspondências e outros processos documentais em que já houve inúmeras confusões nos nomes dos municípios de Careiro e Careiro da Várzea.

Na conferência, também foram debatidos assuntos sobre a evolução que os meios de comunicação sofreram ao longo dos anos, sem contar o balanço dos recursos que se tinha na época, e os equipamentos ultramodernos que estão disponíveis no mercado hoje. Um pequeno museu foi montado com os principais equipamentos de comunicação que vinham desde os anos 30, até os dias de hoje. O Evento abriu espaço para os comunicadores exporem ao público, como houve o primeiro contato com a comunicação e o que os fizeram mergulhar nessa profissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *