Em Careiro Castanho, “Casa da Cidadania” já garantiu assistência jurídica gratuita para mais de duas mil pessoas

Criada pela prefeitura de Careiro Castanho em parceria com o Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam) em 2017, a “Casa da Cidadania”, que funciona como uma espécie de defensoria pública no município, já garantiu assistência jurídica para mais de duas mil pessoas em seus dois anos de funcionamento, sendo a primeira do tipo no Estado.

Atualmente, a estrutura, mantida pela prefeitura, dispõe de dois advogados, um psicólogo, uma assistente social, recepcionista e auxiliar administrativo, prestando atendimentos na área jurídica como solicitação de pensão alimentícia, ratificação de documentos, guarda de menores, entre outros.

Para o prefeito Nathan Macena é fundamental garantir os direitos da população e a “Casa da Cidadania” tornou-se um importante elo entre os moradores e a justiça. São pelo menos 30 pessoas atendidas pelos profissionais diariamente. “Graças a esse importante projeto, pessoas que há muitos anos aguardavam por uma resposta da justiça conseguiram resolver suas demandas e dar andamento a seus processos”, afirmou.

Na época de seu lançamento, o projeto contou com o apoio do desembargador Flávio Pascareli, ex-presidente do Tjam e da titular da comarca do Careiro Castanho em 2017, Sabrina Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *