Coligação “Eu Voto no Amazonas” fará denúncia de compra de votos ao TRE

Advogados da coligação “Eu Voto no Amazonas” estarão na tarde deste sábado (20/10), às 14h30, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para ajuizar uma “notícia criminis” sobre captação ilícita de sufrágio (compra de votos), no município de Codajás.

O crime eleitoral, já encaminhado à Polícia Federal, veio à tona, na sexta-feira, em operação das forças de segurança do Estado do Amazonas que culminaram com a prisão da delegada da Polícia Civil Alessandra Braga, acusada de envolvimento com o narcotráfico.

Na ocasião também foi preso Diellisom Weendril Alves Pinheiro, conhecido por ‘Didi’, apontado como o chefe do tráfico de drogas no município.

No Termo de Qualificação e Interrogatório da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência da Secretaria de Segurança do Estado do Amazonas, ‘Didi’ informa que R$ 12.000,00 ( doze mil reais) do montante encontrado com ele fariam parte de uma soma entregue por “Paulo”, de Manaus, para a compra de votos “em favor do candidato Wilson” (Lima).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *