Cerca de dez mil estudantes são alcançados por projeto de Educação para o Trânsito no interior do Amazonas

Quase dez mil estudantes de escolas públicas de cinco municípios do Amazonas receberam orientações de educação para o trânsito entre os meses de março e outubro deste ano. A ação foi desenvolvida por meio do projeto “Jovem Multiplicador”, realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e Secretaria de Estado de Educação e Desporto em 13 escolas estaduais. Nesta quarta-feira (13/11), ocorreu a cerimônia de encerramento do projeto, no município de Iranduba, a 34 quilômetros de Manaus.


O projeto capacita professores e alunos de cada escola participante da rede estadual de ensino, bem como jovens lideranças do bairro. Os participantes são sensibilizados sobre os tipos de acidentes, quais suas as consequências, grupos de vítimas vulneráveis, diretrizes gerais da legislação de trânsito vigente, orientação sobre o uso de equipamentos de segurança e, ainda, comportamentos no trânsito. O diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, reforça que a ação é importante para que gerações futuras possam construir um trânsito mais seguro.


A técnica de educação para o trânsito da instituição, Delnandina Monteiro, ressalta que o balanço foi positivo. “Nós podemos dizer que houve um aproveitamento muito grande. Os resultados realmente foram os esperados porque nós fizemos todo um planejamento em cima dessas atividades, conseguimos o apoio da comunidade escolar, dos gestores e conseguimos também, acima de tudo, da comunidade do município. Pessoas que nos ajudaram, contribuíram nesse processo de mudança. O que nós queremos é reduzir os índices de acidentalidade e fatalidade’, disse.


Além de Iranduba, as atividades também foram desenvolvidas nos municípios de Rio Preto da Eva, Manacapuru, Presidente Figueiredo e Careiro. A psicóloga e coordenadora de programas e projetos estaduais da Secretaria de Educação, Rosemeiry Ribeiro, relatou sobre a importância do projeto e a sua extensão diante das pessoas que foram alcançadas. “É importante termos como parceiros, secretarias e departamentos que têm expertise sobre a questão do trânsito, porque nós trabalhamos com a educação, não temos conhecimento específico do trânsito. Os parceiros têm nos acompanhado nos municípios e são de extrema importância, pois eles têm o conhecimento no assunto, garantem credibilidade e valorizam o projeto”, completou.


A aluna Raquel da Silva, de 11 anos, relatou que a palestra foi ótima e muito importante para a conscientização no trânsito. “Eu gostei muito da palestra, vou levar o meu conhecimento para os meus pais e tudo que falaram vou praticar no trânsito”, disse.


Ao longo das próximas semanas serão finalizadas as ações do projeto em Manaus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *