Após onda de protestos em Paris,Macron busca solução para conter “coletes amarelos”

O primeiro-ministro da França, Édouard Philippe, se reuniu com líderes de partidos de oposição nesta segunda-feira (3), à medida que o presidente Emmanuel Macron busca um caminho para neutralizar protestos nacionais contra os altos custos de vida que levaram a atos de vandalismo em Paris durante o fim de semana.

O movimento dos “coletes amarelos” pegou Macron de surpresa, quando começou no mês de novembro, e representa um grande desafio ao líder de 40 anos. O presidente francês tenta reverter uma queda em sua popularidade provocada por reformas econômicas vistas como favoráveis aos mais ricos.

A polícia de choque foi acionada, no sábado (1), quando manifestantes causaram caos nos bairros mais chiques de Paris, colocando fogo em carros, saqueando lojas e destruindo residências,cafés de luxo e até monumentos históricos, como Arco do Triunfo. Essa é a pior onda de protestos a atingir a capital francesa desde 1968.

 

 

 

 

*Com informações da Reuters 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *