Amazonino vai criar casa de apoio para estudante de baixa renda

Em reunião com a “Juventude do 12”, ocorrida no Clube Rio Negro, no Centro, o candidato Amazonino Mendes (PDT) garantiu que irá criar a “Casa de Apoio ao Estudante” destinada aos alunos e universitários de baixa renda do Estado. O encontro contou com a participação do prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), e da primeira-dama Elisabeth Valeiko.

Fotos: Clóvis Miranda

De acordo com o ex-governador, a medida vai amparar os estudantes dos ensinos médio e superior que não têm renda para a aquisição de apostilas, livros didáticos, entre outros materiais acadêmicos. O aluno que quer ingressas nas faculdades públicas contará com um cursinho preparatório totalmente gratuito. “É meu dever criar a ‘Casa de apoio’ aos estudantes de baixa renda, que no decorrer das aulas, não possam ser prejudicados por falta de recurso. Aquele que querem imprimir apostilas das aulas, adquirir livros, serão amparados. Isso aumenta a qualidade de aprendizagem”, destacou o candidato. “O estudante terá apoio para entrar na faculdade, pois muitos não ingressam no ensino superior por não ter condições de pagar um curso preparatório. Em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA)”, completou.

Amazonino destacou que o seu maior legado político foi destinado aos jovens, que é a UEA. “Iniciei meu ingresso na política, ainda na juventude. O jovem é mudancista, revolucionário. E por desígnio de Deus, meu marco na carreira beneficia diretamente o jovem. E tudo foi pensado para que vocês revolucionem o mundo. Estou muito orgulhoso de receber um apoio tão desses jovens, coisa que nunca vi, enquanto fui três vezes governador”, finalizou.

Para Mauro Tiago, um dos coordenadores do evento, os jovens decidiram marchar com Amazonino por acreditarem que o ex-governador é o mais preparado para o Amazonas. “Para nós, é um honra poder apoiá-lo e marcharmos ao seu lado. Temos certeza que o senhor vai lutar para dar o melhor a esses jovens que estão em busca de esperança e um futuro melhor”, comentou. Entre as medidas voltadas para a juventude, está a ampliação da UEA, que contará com novos cursos voltados para a Amazônia.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *