Amazon – Baixaria, denúncias e vazamento de Áudio marcam eleição nesta sexta-feira (5)

A eleição para a presidência da Associação dos Magistrado (Amazon) que é realizada hoje (5), está ocorrendo em uma clima pesado com baixarias, troca de farpas, denúncias e agora vazamento de áudio.

Nas últimas horas circula nas redes sociais um áudio do atual presidente da entidade, juiz Cássio Borges em que ele diz que tem “um pênis para cada um juiz  de oposição a ele”.

A divulgação esquentou de vez a eleição que tem dois candidatos na disputa pela diretoria da Amazon:  A juíza Rebecca Mendonça Lima que é candidata da situação apoiada por Cassio Borges e pela oposição o candidato é o juiz Luiz Marcio Albuquerque, apoiado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Yedo Simões. O colégio eleitoral que vai escolher o presidente da Amazonas é formado por 262 juízes eleitores.

Procurado pelo “Portal do Amazonas”,  Cassio Borges considera que o vazamento do áudio é uma  maldade que fizeram só para atingí-lo e prejudicá-lo às véspera da eleição:  “Reconheço a autenticidade, mas isso foi uma brincadeira, uma conversa particular que tive faz dois anos com Pascarelli (ex-presidente do TJAM, desembargador Flávio Pascarelli). Só estão divulgando agora porque eles estão desesperados. Esse áudio é antigo”.

Cassio diz ter certeza que não foi o desembargador Flavio Pascarelli  o responsável pelo vazamento:  “O Pascarelli é uma pessoa digna. Ele está internado e tenho certeza que divulgaram esse áudio sem o consentimento dele”, explica.

Cassio diz que a baixaria toda é porque historicamente a Amazon sempre foi oposição a cúpula do TJAM e agora a côrte do judiciário quer porque quer tomar a direção da entidade lançando um candidato de oposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *