Álvaro Campelo denuncia problemas no médio e baixo Amazonas

Na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), na manhã desta terça-feira, (9), o deputado estadual, Álvaro Campelo (PP), denunciou uma série de irregularidades encontradas por ele, nos municípios do baixo e médio Amazonas.

Em São Sebastião do Uatumã, o parlamentar constatou o total abandono do prédio da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Segundo Campelo, há 5 anos, o polo da UEA naquele município está de portas fechadas, apesar do perfeito estado de conservação. “Esse é um descaso absoluto com o dinheiro público em uma obra da ordem de R$ 2.690.497,66. Irei cobrar providências para que a instituição inicie suas atividades acadêmicas. Há alunos precisando estudar e, lamentavelmente, usam a estrutura de salas cedidas por uma escola do Estado”, afirmou Campelo.

O deputado também falou das condições do Hospital Rosa Fabiana Falabella que, de acordo com os vereadores de São Sebastião do Uatumã, não recebe manutenção há mais de 10 anos. “Encontrei colchões deteriorados, infiltrações, fossas entupidas, além da falta de materiais de segurança e higiene. Essa situação precisa ser resolvida imediatamente” disse o parlamentar.

Em Itapiranga, o deputado enfatizou a péssima situação da AM – 363 (Estrada da Várzea). Parte da pista desabou, após um forte temporal no mês de fevereiro e, até a presente data, nenhuma obra de contenção foi realizada, colocando em risco a vida dos motoristas que transitam pela via diariamente.

Álvaro Campelo finalizou o discurso pedindo celeridade ao governo quanto às situações, que considera extremamente críticas. “Esses problemas prejudicam diretamente a população e isso precisa de uma resposta urgente, pois nós estamos falando de vidas humanas”, concluiu Campelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *