Alonso Oliveira diz que indefinição de parlamentares do AM sobre a reforma da Previdência é prejudicial para o país

*Alonso Oliveira diz que indefinição de parlamentares do Amazonas sobre reforma da Previdência é prejudicial para o país*

Para o vereador Alonso Oliveira, a indecisão de pelo menos seis parlamentares do Amazonas sobre a votação da reforma da Previdência, proposta pelo Governo Federal, é extremamente prejudicial para o país. De acordo com o “Termômetro da Previdência”, monitoramento diário da empresa Atlas Político, dos oito representantes do Amazonas, seis manifestaram indefinição.

“A partir de agora, a bola é do parlamento. É preciso haver responsabilidade por parte dos deputados federais. Não se pode usar o voto da reforma como moeda de troca ou em benefício de poucos. Eu não sou contra a reforma, mas, ferir o princípio da dignidade humana é inadmissível”, afirmou.

Só em Manaus, de acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), há 6,5 mil benefícios estagnados pela reavaliação técnica por falta de oferta pelos aparelhos da saúde pública no Estado.

“Ao meu ver, a articulação da nossa bancada deve propor um mecanismo que dê um prazo maior para que esses contribuintes possam apresentar sua documentação e laudos para manter ou adquirir seus benefícios. Da forma que está hoje o trabalhador está sendo castigado. Essa reforma é o caminho da prosperidade para todos? Sim, e, é necessária. Mas, precisamos ser responsáveis”, completou Alonso Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *