Alessandra Campêlo lança cartilha do Setembro Amarelo

A presidente da Comissão da Mulher, da Família e do Idoso da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB), lançou nesta terça-feira, 10 de setembro, a cartilha alusiva ao Setembro Amarelo, mês dedicado mundialmente à prevenção do suicídio.

Inspirada nas orientações do Centro de Valorização da Vida (CVV), a cartilha traz informações sobre como cada um de nós pode ajudar uma pessoa que está sob risco de suicídio. Na cartilha também constam os locais onde é possível encontrar atendimento psicológico gratuito na capital amazonense.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública, este ano em Manaus já foram registrados 66 casos de suicídios. Em 2018, foram 92; em 2017, 88; e em 2016, houve a maior ocorrência dos últimos anos, num total de 178 casos, somente na capital. Segundo essas estatísticas, há um aumento de incidência entre os jovens até 29 anos.

“Essa cartilha que lançamos hoje por meio do nosso mandato e da Comissão da Mulher se junta a outros esforços do Poder Público e de organizações não governamentais no sentido oferecer orientações com foco na prevenção aos suicídios. É um mal que afeta toda a sociedade e um assunto que precisa ser amplamente debatido, inclusive no Poder Legislativo Estadual”, explicou a deputada Alessandra Campêlo.

Estatísticas

Embora a taxa de suicídios per capita tenha caído, a Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou que aproximadamente 800 mil pessoas acabam com suas vidas todos os  anos no mundo – uma a cada 40 segundos.

Em um relatório divulgado ontem, 9, um dia antes do Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio, a OMS explica que entre 2010 e 2016, a taxa global caiu 9,8%, com quedas que vão de 19,6% na região do Pacífico Ocidental a 4,2% na região do Sudeste Asiático.

A região das Américas – onde o acesso a armas de fogo é um importante meio de suicídio, segundo a OMS – é a única que registrou um aumento (+6%). Parte do declínio da taxa mundial se deve ao fato de mais países terem estratégias de prevenção.

Composição

A Comissão da Mulher é composta pelos seguintes parlamentares titulares: Alessandra Campêlo (MDB, presidente), Therezinha Ruiz (PSDB), Dra. Mayara Pinheiro (PP), Joana D’Arc (PL) e Fausto Júnior (PV). Os suplentes são os deputados: Serafim Corrêa (PSB), Belarmino Lins (PP) e Dermilson Chagas (PP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *