A Crítica faz propaganda de Wilson Lima

A Empresa de Jornais Calderaro Ltda, CNPJ é 04.354.908/0001-54, imprimiu 35 mil jornais de propaganda para o candidato ao governo do Amazonas pelo PSC Wilson Lima. O jornal impresso com o CNPJ de A Crítica é uma prova concreta de que o Grupo Calderaro (TV A Crítica, Jornal A Crítica, Manaus Hoje etc) está patrocinando a campanha de seu funcionário Wilson Lima, que é apresentador do programa Alô Amazonas.

Responsável pela produção do jornal de campanha de Wilson Lima, A Crítica cuidou da distribuição do material de campanha, vinculando-o à edição de A Crítica e do Manaus Hoje, desta terça-feira (16). O serviço não havia sido declarado como despesa do candidato ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o que é obrigatório pela legislação eleitoral.

Wilson trabalhou em A Crítica por 12 anos e se envolveu em diversas polêmicas durante o processo eleitoral, nenhuma delas publicada no jornal. A mais impressionante foi sobre a denúncia de uma jovem que revelou ter tido envolvimento sexual com Wilson quando ela tinha apenas 14 anos de idade. Em outra, Wilson escondeu da declaração de bens ser sócio de uma empresa avaliada em R$ 200 mil. Uma página do Facebook vinculada à organização criminosa Família do Norte tem feito campanha a Wilson nas redes sociais. Nenhuma dessas notícias, apesar de amplamente divulgadas pela imprensa, saiu em A Crítica.

A eleição de Wilson Lima é a esperança do Grupo Calderaro sair da falência. O jornal A Crítica passa por uma grave crise financeira desde o fim do ano passado e tem atrasado o salário dos jornalistas e outros funciionários. Em agosto deste ano, já durante o processo eleitoral, o site AM News fez a denúncia: “Sindicato orienta jornalistas contra atrasos salariais do jornal A Crítica” (http://bit.ly/AMNewsDenuncia). Em novembro de 2017, o Portal BNC publicou que “funcionários do jornal pediam ajuda para receber seus salários” (http://bit.ly/BNCDenuncia). Em dezembro de 2017, o site da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) revelou que o “Sindicato aciona MPT para garantir pagamento de salário e 13º aos jornalistas dos jornais A Crítica e Manaus Hoje” (http://bit.ly/FenajDenuncia). Em abril deste ano, a Fenaj voltou a denunciar a precária situação dos jornalistas da Crítica na matéria “Sindicato do Amazonas reúne com direção do jornal A Crítica e cobra regularização de salários atrasados” (http://bit.ly/FenajNovaDenúncia).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *