Vai desistir? – Por Fabrício Medeiros

Fabrício Medeiros #QB #facanacaveira

Se o seu plano for legítimo, honesto e promissor, por qual motivo você desistiria? POR ELES ? NUNCA! NUNCA! NUNCA!

Só devemos desistir de algo se o plano for BURRO e não rentável. Muitas pessoas, sejam amigos, parentes e o próprio mercado não estão muito aptos a aceitar que alguém do mesmo meio deles se DESTAQUE!

O Brasil não tem a cultura de coletividade como no Japão, só pra citar um exemplo. Não vou nem falar de empreendedorismo porque você deve saber o suplício que é abrir um negócio nesse país.

Bem, exceto em em tragédias eventuais que todos se unem, são poucas as pessoas que torcem por você de coração. A maioria vai olhar desconfiado, vai desdenhar, vai conversar nos bastidores a respeito das suas ideias malucas… Eles farão cálculos e chegarão a conclusão de que você vai desistir… VOCÊ VAI MESMO?

Aconteceu comigo quando entrei no mundo das palestras e treinamentos, eles achavam que eu passaria 6 meses como palestrante e logo estaria voltando para o mundo corporativo… O fato é que vou completar 3 anos de atividade em Jan/18 e estou indo maravilhosamente bem.

Eu NÃO DESISTI e desejo do fundo do coração que você NÃO desista.

Quero apenas que foque VISCERALMENTE no seu PLANO.

Esqueça esse bando de perdedores que insistem em dizer que te conhecem, você já passou por tantas transformações e já é uma NOVA pessoa, portanto, FOCO NO PLANO e mente ajustada, pois os melhores dias da sua vida ainda estão por vir…

E quando eles perguntarem de forma cínica: “e ai, já abandonou aquela ideia maluca” ? Responda com esse doce clichê: ” AQUI NÃO É A DISNEY SEU FILHO DA PUTA, AQUI É FACA NA CAVEIRA!??

Se gostou, deixa seu coração e compartilhe para os perdedores ficarem com mais inveja ainda.

Acesse o Site: Quebre a Banca
Siga-me no Instagram: @quebreabanca

Por Fabrício Medeiros
#QB #facanacaveira
Lista VIP | 82 9 8888 7777

Be the first to comment on "Vai desistir? – Por Fabrício Medeiros"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*