Turquia detém 3 funcionários de ferrovia por acidente com 9 mortos

As autoridades da Turquia detiveram nesta quinta-feira três funcionários da empresa estatal de ferrovias do país (TCDD, na sigla em turco) por causa do acidente de trem ocorrido hoje em Ancara, que provocou a morte de nove pessoas e deixou outras 47 feridas.

Os detidos são o chefe da estação de Mardansiz, que fica nos arredores de Ancara, onde ocorreu o acidente, um sinaleiro ferroviário e um controlador.

Até o momento não se sabe quais acusações pesam contra os mesmos, mas a emissora “CNNTürk” afirmou que as prisões estão relacionadas com algum tipo de negligência que teria provocado o acidente.

O trem de alta velocidade saiu hoje de Ancara às 6h30 locais (1h30 em Brasília) com destino à cidade de Konya e se chocou contra uma locomotiva de manutenção, segundo explicou o ministro dos Transportes, Mehmet Cahit Turhan.

O acidente ocorreu seis minutos depois que o comboio passou pela estação de controle técnico de Mardansiz, quando circulava a aproximadamente 80 quilômetros por hora.

Após a colisão com a locomotiva, o trem de alta velocidade saiu da via e também atingiu uma passagem elevada, que acabou desabando sobre alguns vagões.

 

 

Agência EFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *