Tripulante fica com 70% do corpo queimado ao ser atingido por vapor

Um tripulante de 64 anos foi resgatado de um navio fundeado na barra de Santos, no litoral de São Paulo, depois de ficar gravemente ferido durante manutenção na cozinha da embarcação na noite de terça-feira (1). Segundo o Corpo de Bombeiros, ele foi socorrido com queimaduras de primeiro e segundo graus em 70% do corpo.

Tripulante foi resgatado de navio que aguardava para entrar no cais (Foto: Mercosul Line/Divulgação)

O acidente ocorreu a bordo do Mercosul Manaus, que aguardava para realizar a manobra de entrada no cais santista. De acordo os bombeiros, a vítima foi atingida pelo vapor de um duto que se rompeu enquanto ela realizava serviços em um compartimento. Os primeiros-socorros foram realizados a bordo, por tripulantes.

Diante da gravidade do quadro, o idoso foi desembarcado e levado em uma lancha até a Ponte Edgar Perdigão, na Ponte da Praia, onde foi recebido por uma equipe do Resgate. Ele foi encaminhado para a Santa Casa de Santos. O hospital informou que o paciente segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), órgão da Marinha do Brasil, confirmou o acidente e disse que o tripulante está em estado grave no hospital. A autoridade marítima informou que abriu um Inquérito Administrativo Sobre Fatos e Incidentes da Navegação (IAFN) para apurar causas e responsabilidades em até 90 dias.

Ainda segundo a Capitania dos Portos, a previsão é de que o navio atraque ainda nesta quarta-feira (2) em um terminal de contêineres localizado na margem direita do porto, quando acontecerá uma vistoria de peritos da marinha. Por meio de nota, a Mercosul Line informou que conduzirá uma investigação paralela.

 

Com Informações do G1 São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *