Torquato Jardim é empossado como ministro da Justiça

Em um discurso filosófico durante a posse,Torquato Jardim destacou que o grande desafio do Estado é "construir um diálogo com a sociedade civil" O presidente da República, Michel Temer, empossou oficialmente, na tarde desta quarta-feira (31/5), o novo ministro da Justiça, Torquato Jardim. A expectativa do governo é de que o novo auxiliar possa garantir um melhor diálogo e transição do governo com os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidem pela cassação ou não da chapa do chefe do Executivo Federal e da ex-presidente Dilma Rousseff. Em um discurso filosófico durante a posse, Jardim não enfatizou nada sobre as questões políticas envolvendo a nomeação, mas destacou que o grande desafio do Estado é "construir um diálogo com a sociedade civil". "É um mecanismo de união nacional, social, no qual resulte uma colcha de retalhos costurada", disse. O novo ministro da Justiça ainda destacou que, com "otimismo responsável", o Estado e a sociedade civil deverão pensar em "conjunto heterogêneo". "O de tornar possível o homogêneo na heteroneidade. O individual no coletivo. Isso determinará nossa sociedade harmônica, fundada na liberdade individual", destacou. Jardim ainda ressaltou a disposição para atuar nas áreas de população indígena, humanização da população prisional, dependência de drogas, e na aferição da igualdade legal, sem preconceitos de origem, raça, cor, e idade. "Ou quaisquer outras formas de discriminação", afirmou. Com Informações do Correio Braziliense

Em um discurso filosófico durante a posse,Torquato Jardim destacou que o grande desafio do Estado é “construir um diálogo com a sociedade civil”

Foto: Reprodução

O presidente da República, Michel Temer, empossou oficialmente, na tarde desta quarta-feira (31/5), o novo ministro da Justiça, Torquato Jardim. A expectativa do governo é de que o novo auxiliar possa garantir um melhor diálogo e transição do governo com os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidem pela cassação ou não da chapa do chefe do Executivo Federal e da ex-presidente Dilma Rousseff.

Em um discurso filosófico durante a posse, Jardim não enfatizou nada sobre as questões políticas envolvendo a nomeação, mas destacou que o grande desafio do Estado é “construir um diálogo com a sociedade civil”. “É um mecanismo de união nacional, social, no qual resulte uma colcha de retalhos costurada”, disse.

O novo ministro da Justiça ainda destacou que, com “otimismo responsável”, o Estado e a sociedade civil deverão pensar em “conjunto heterogêneo”. “O de tornar possível o homogêneo na heteroneidade. O individual no coletivo. Isso determinará nossa sociedade harmônica, fundada na liberdade individual”, destacou.

Jardim ainda ressaltou a disposição para atuar nas áreas de população indígena, humanização da população prisional, dependência de drogas, e na aferição da igualdade legal, sem preconceitos de origem, raça, cor, e idade. “Ou quaisquer outras formas de discriminação”, afirmou.

 

Com Informações do Correio Braziliense

Be the first to comment on "Torquato Jardim é empossado como ministro da Justiça"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*