Therezinha Ruiz repudia o corte de verbas na educação

A deputada Therezinha Ruiz (PSDB) manifestou hoje (16) repúdio ao corte de verbas das universidades federais e do ensino básico, imposto pelo Ministério da Educação. “O corte de recursos representa um retrocesso na educação, inviabilizando a produção de pesquisas e tornando precário o ensino dos nossos jovens”, criticou a deputada, considerando justo o protesto dos estudantes, que tomaram as ruas em todo o País.

Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Therezinha Ruiz disse que a educação deveria ser prioridade para que o Brasil se torne uma nação desenvolvida. “Todos defendemos o crescimento social, econômico e tecnológico, mas isso só é possível com investimento na educação”, frisou.

A medida do MEC, segundo a deputada, é preocupante porque atinge todas as etapas da educação. No ensino básico foram cortados R$ 2,4 bilhões, enquanto que no ensino superior foram bloqueados R$ 30% das verbas.

“São verbas que poderiam ser destinadas aos municípios para a construção de creches, para a melhoria do ensino infantil, técnico e para a educação de jovens e adultos”, exemplificou a deputada, acrescentando que as universidades e institutos federais também sofrerão o impacto no pagamento de contas de água, de luz e na aquisição de materiais.

Na avaliação de Therezinha Ruiz, os cortes na educação vão refletir na baixa qualidade do ensino no País. “Não bastasse isso, o presidente ainda se dirige aos estudantes de forma grosseira e desrespeitosa, indiferente à força da mobilização de professores e alunos, que tomou conta do País”, criticou a deputada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *