Senador José Serra é internado

O senador José Serra (PSDB) foi internado nesta terça-feira (18) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com dores na coluna. A informação foi confirmada pela assessoria de Serra. Ele será submetido a exames gerais de avaliação do quadro clínico.

Em fevereiro, Serra deixou o cargo de ministro das Relações Exteriores alegando problemas de saúde.

Senador José Serra (PSDB-SP) (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Na carta de demissão, Serra diz que deixa o cargo “com tristeza’. Segundo o ministro, os problemas de saúde o impedem de cumprir as viagens internacionais necessárias ao cargo, além das atividades do dia a dia.

José Serra acrescenta, ainda, que os médicos estimaram um período de quatro meses para o “restabelecimento adequado” da saúde.

Em dezembro do ano passado, o então ministro foi submetido a uma cirurgia na coluna no Hospital Sírio-Libanês.

Além disso, em janeiro de 2014, Serra foi submetido a uma cirurgia na próstata. Ele apresentava um quadro de hiperplasia prostática benigna, quando há aumento do órgão.

Antes disso, em julho de 2013, o ministro foi submetido a um cateterismo. À época, os médicos colocaram no coração dele um stent, mola metálica que expande a artéria e aumenta a capacidade de fluxo sanguíneo.

Delações da Odebrecht

Serra foi citado por ex-executivos da empreiteira Odebrecht nas delações da Operação Lava Jato. Um dos delatores afirma que Serra recebeu R$ 23 milhões via caixa 2 durante a campanha presidencial de 2010.

Outro executivo, Luiz Eduardo da Rocha Soares, afirmou em depoimento que recebeu devolução de R$ 4 milhões de ex-diretor da Dersa Paulo Vieira Souza, em 2011, que haviam sido pagos referentes a obras do Rodoanel. Esse valor teria sido depositado em conta da Suíça para o ex-ministro e ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB).

Em nota, José Serra diz que não cometeu nenhuma irregularidade e que suas campanhas foram conduzidas pelo partido dentro da lei.

“A confusa história relatada pelo delator não faz nenhum sentido. O senador José Serra jamais teve relações com boa parte dos personagens citados e, como afirmou o ex-presidente da Odebrecht Pedro Novis em depoimento, nunca tomou medidas nos cargos que ocupou que tenham beneficiado a empresa. O senador José Serra jamais recebeu vantagens indevidas da Odebrecht e sempre pautou sua carreira política na austeridade em relação aos gastos públicos. A abertura da investigação é útil para comprovar a lisura de sua conduta”, afirmou o senador por meio de assessoria de imprensa.

 

Com Informações do G1 São Paulo

Um comentário em “Senador José Serra é internado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *