Renato Vianna vence ‘The Voice’ em episódio entediante

Favorito desde o começo, o pupilo de Michel Teló foi escolhido por mais de 50% do público

Favorito desde o começo da quarta temporada do The Voice Brasil, o candidato Renato Vianna foi consagrado vencedor do reality show da Globo nesta sexta-feira, após receber mais de 50% dos votos do público. A votação popular, que estava aberta desde a semana passada e que determinou o campeão, acabou sendo prejudicial ao programa, já que os jurados se tornaram meros coadjuvantes e ficaram reduzidos a elogios rasgados a seus pupilos e a apresentações entediantes, para dizer o mínimo. A noite, aliás, trouxe pouca ou nenhuma emoção para quem se prestou a gastar as últimas horas do Natal para acompanhá-la.

Renato Vianna no 'The Voice Brasil'(VEJA.com/Reprodução)
Renato Vianna no ‘The Voice Brasil'(VEJA.com/Reprodução)

Os quatro finalistas – Vianna, Nikki, Junior Lord e Ayrton Montarroyos – abriram os trabalhos já com uma apresentação conjunta insossa, cantando Óculos, dos Paralamas do Sucesso. Ao longo do programa, eles subiram ao palco sozinhos e com seus técnicos Michel Teló, Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Lulu Santos, respectivamente. Os jurados também cantaram sozinhos, assim como os assistentes Di Ferrero, Luiza Possi e Rogério Flausino.

A alta movimentação no palco não foi o suficiente para manter o interesse e o episódio final do The Voice pareceu certinho, sistematizado demais. O momento mais engraçado do programa foi protagonizado por uma candidata que foi eliminada, mas ganhou a chance de se apresentar na final – ainda que não fosse competir – após participar de um concurso no Caldeirão do Huck. Bella Schneider se juntou ao assistente Alexandre Pires para cantar Lança Perfume, mas esqueceu a letra, se enrolou e estragou uma bela oportunidade de mandar um “beijo no ombro”, como diria a funkeira Valesca Popozuda, para quem a eliminou.

Com o anúncio de que era o vencedor, Renato Vianna foi às lágrimas, agradeceu aos céus de joelhos e fez um discurso emocionado antes de encerrar o reality com a apresentação de When a Man Loves a Woman, enquanto caía a manjada chuva de papel picado. Fosse ao ar em seu horário tradicional na grade da Globo, na quinta-feira, o programa provavelmente levaria o público a dormir antes mesmo de começar a ceia de Natal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *