Prefeitura de Manaus aguarda verba do governo para realocar venezuelanos

Mais de 240 venezuelanos devem sair de apartamentos do Centro nos próximos dias

Muitos indígenas da etnia Warao moram em sete prédios alugados na rua Quintino Bocaiúva, no Centro.

A prefeitura de Manaus procura prédios para servirem como abrigos subsidiados para os mais de 240 venezuelanos que moram em prédios no Centro da cidade. Sem emprego, eles não têm como pagar o aluguel. O secretário da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Elias Emanuel, afirma que a pasta aguarda verba do Governo Federal para apoio aos indígenas da etnia Warao que estão na capital amazonense.

Mais de 240 venezuelanos devem sair de apartamentos do Centro nos próximos dias

“[Essa verba servirá para] dar o acompanhamento devido a essa população indígena do Centro, com material de limpeza, de higiene, e, naturalmente, buscar a regularização desses povos para a inclusão nos programas do Governo Federal e da prefeitura”, pontua o secretário.

De acordo com a Semasdh, mais de 240 indígenas Warao moram em sete prédios na rua Quintino Bocaiúva. Alguns dos locais são hotéis e os proprietários cobram diárias entre R$ 10 e R$ 30.

A Rede Amazônica visitou um prédio que abriga oitenta venezuelanos. Eles moram no local há três meses. O aluguel mensal é de R$ 2.500. O artesão Holando Martinez conta que as mulheres pedem dinheiro nos sinais e os homens procuram serviços no porto de Manaus. “É muito difícil. Não temos dinheiro. Temos aqui muitas mulheres e muitas crianças”, diz.

Outro grupo

Os migrantes que estavam na rodoviária da capital foram transferidos para um prédio do projeto Jovem Cidadão, na Zona Leste de Manaus, no dia 1º de junho.

Na ocasião, a titular da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc), Graça Prola, afirmou que o processo com os venezuelanos já está em curso desde dezembro de 2016, quando eles começaram a chegar a Manaus. Segundo ela, o abrigo na Zona Leste da capital tem capacidade para 300 pessoas – ou seja, ainda há a possibilidade de serem instaladas mais pessoas no local.

 

Com Informações do G1 Amazonas

Be the first to comment on "Prefeitura de Manaus aguarda verba do governo para realocar venezuelanos"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*