Operação Réveillon 2018 terá atuação de 2 mil servidores e barreiras da Lei Seca ampliadas

Operação da Lei Seca será realizada em várias zonas de Manaus (Foto: Divulgação/Detran-AM)

Operação terá atuação terrestre, fluvial e aérea.

Dois mil servidores atuarão na ação integrada de segurança pública “Réveillon 2018” em Manaus. O efetivo será empregado na praia da Ponta Negra, zona oeste; Orla do Amarelinho, zona sul; Residencial Viver Melhor, no Lago Azul, zona norte; e no shopping Phelippe Daou, Jorge Teixeira, na zona leste, onde acontecerão eventos oficiais da Prefeitura de Manaus. Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a operação terá atuação terrestre, fluvial e aérea.

Operação da Lei Seca será realizada em várias zonas de Manaus (Foto: Divulgação/Detran-AM)

Entre as medidas de reforço, o governo informou que as barreiras da Lei Seca serão ampliadas durante o Réveillon, dobrando o número de fiscalização do tipo.

“O nosso objetivo é garantir uma festa com segurança para toda a população. Teremos servidores espalhados em diversos pontos da cidade para que tudo transcorra normalmente”, disse o vice-governador e secretário de segurança, Bosco Saraiva, nesta terça-feira (26/12).

Monitoramento em tempo real

A Operação Réveillon 2018 terá início às 15h do domingo (31) com finalização às 7h do dia 1º (segunda-feira) de janeiro. O perímetro urbano das quatro regiões será monitorado em tempo real pelo Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM). O policiamento e a inteligência também serão utilizados na operação, de forma a subsidiar ações das forças de segurança ostensiva e força de pronta resposta.

A central integrada de pronta resposta será composta de uma unidade tática da Companhia de Operações Especiais (COE), do Agrupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte) da Polícia Militar e um Time Tático do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) da Polícia Civil. Ao todo, 28 órgãos federais, municipais e estaduais fazem parte da operação.

Na Ponta Negra, o efetivo empregado será de 800 servidores e um público estimado de aproximadamente 350 mil pessoas. Na Orla do Amarelinho, o público estimado é de 30 mil pessoas e um efetivo de 600 servidores. Também com um efetivo de 600 servidores, o Shopping T4 possui uma expectativa de 150 mil pessoas e um efetivo de 600 servidores.

Policiamento reforçado durante todo o fim de semana – O comandante geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel David Brandão, disse que a Polícia Militar estará com 1.600 homens a mais nas ruas, a partir das 15h da tarde do dia 31 (domingo) de dezembro cobrindo toda a cidade.

“A maior parte do reforço no policiamento ostensivo será feito a pé, além de quase 500 viaturas que estarão nas ruas para garantir a tranquilidade na diversão da população”, destacou Brandão. De acordo com o comandante da PMAM, o policiamento no interior do Estado também será reforçado nos municípios onde terá programação de grandes eventos.

O Corpo de Bombeiros atuará no sentido de potencializar os serviços de prevenção à atendimento pré-hospitalar, combate à incêndio, busca e resgate e salvamento em altura, terrestre e aquático. Drones atuarão no monitoramento, além de um helicóptero da PMAM que estará de prontidão para qualquer ocorrência. O objetivo da ação é evitar e diminuir os índices de roubos, furtos, tráfico de drogas, tráfico de crianças, homicídios, além da realização de campanhas educativas.

Praia da Ponta Negra – A praia da Ponta Negra será bloqueada com um gradil às 15h do dia 31 de dezembro e só será liberada para os banhistas às 6h do dia 1º de janeiro. De acordo o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Mauro Freire, 100 bombeiros atuarão como guarda-vidas, combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar e outros incidentes.

A operação de reforço na segurança reúne órgãos do Governo do Estado, Prefeitura de Manaus, Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e Marinha do Brasil.

 

Com Informações do G1 Amazonas

Be the first to comment on "Operação Réveillon 2018 terá atuação de 2 mil servidores e barreiras da Lei Seca ampliadas"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*