Mês de junho teve média de 11 assaltos a ônibus por dia

Ônibus voltaram a circular após paralisação em Manaus (Foto: Leandro Tapajós/G1 AM)

Mais de 1,8 mil assaltos já foram registrados em 2017.

No mês de junho, uma média de 11 assaltos a ônibus foi registrada por dia no transporte público de Manaus, de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). Nos seis primeiros meses do ano, 1.815 roubos já foram registrados. O prejuízo para as empresas passa de meio milhão de reais.

Ônibus voltaram a circular após paralisação em Manaus (Foto: Leandro Tapajós/G1 AM)

De acordo com o registro de assaltos do Sinetram, as empresasa que mais foram assaltadas em 2017 são a Integração Transportes, com 459 crimes e um prejuízo de R$ 149.843,25 e a Global GNZ, com 358 e prejuízo de R$ 95.266,80. Em terceiro, aparece a Açaí Transportes com 220 assaltos e prejuízo de 44.035,75.

Para o presidente do Sinetram, Carmine Furletti, uma lei para que o pagamento da tarifa seja apenas com os cartões Passafácil, prática já realizada em outras capitais, seria importante para mudança do cenário.

“Nós temos tecnologia para que os usuários possam realizar o pagamento utilizando apenas os cartões Passafácil, como já é feito em outras cidades e os crimes reduziram para zero. Estamos empenhados para implementar essa forma de pagamento e dar um basta nesse tipo de crime, assim temos certeza que colaboradores e usuários terão mais tranquilidade para ir e vir”, disse Furletti.

Conforme o Sindicato, mais de 100 postos de venda de créditos para os cartões Passafácil estão espalhados por toda a cidade. O usuário que desejar emitir o cartão cidadão deve se dirigir a um dos postos de atendimento do Sinetram e apresentar o RG e CPF. A emissão da primeira via do cartão é gratuita e, a partir da segunda via, o usuário paga uma taxa de R$ 15.

 

Com Informações do G1 Amazonas

Be the first to comment on "Mês de junho teve média de 11 assaltos a ônibus por dia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*