“Me constrange ver que a Câmara não quer debater o Plano de Mobilidade”, diz Chico Preto

O vereador Chico Preto (PMN) cobrou, em discurso na manhã desta segunda-feira (18), que a Câmara Municipal de Manaus (CMM) se posicione acerca do Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob). Há mais de um mês, o parlamentar protocolou um requerimento na Mesa Diretora da Casa Legislativa para a realização de uma Audiência Pública a fim de debater o tema. Desde então, o documento sofreu três pedidos de vistas.

“Me constrange ver toda a dificuldade que este parlamento coloca para discutir um assunto que faz parte do nosso dia a dia e que é expectativa de muitos cidadãos, afinal de contas, nós ouviremos a prefeitura sobre suas decisões e investimento em mobilidade urbana ou não? O requerimento que apresentei já sofreu três pedidos de vista e na minha opinião, ainda que regimentais, claramente protelatórios”, afirmou.

Chico Preto destacou que a afirmação do prefeito de Manaus, em entrevista a um programa de TV, de que não teve tempo e dinheiro para colocar em prática o Bus Rapid Transit (BRT), modal de transporte que integra o PlanMob, não convenceu.

“É hora desta Câmara, em nome do povo desta cidade, enfrentar esse problema de forma correta e não negar o debate. Não é digno que os cidadãos ali fora perguntem: cadê o BRT? Cadê as paradas de ônibus? Cadê as sinalizações inteligentes? Cadê as ciclovias e ciclofaixas?. Não me convence uma simples declaração num programa de televisão de dizer que não houve tempo e dinheiro. Houve sim, não houve competência e interesse”, disse.

Suframa

No mesmo discurso, Chico Preto parabenizou o presidente Jair Bolsonaro (PSL) por não colocar a Suframa sob os interesses de políticos, e ter nomeado na autarquia nomes técnicos, com capacidade de fazer o Polo Industrial de Manaus voltar a ser pujante.

“A decisão do presidente foi de despolitizar a Suframa que até então era dividida em nacos do senador tal e do deputado tal. Agora a decisão foi de colocar a Suframa debaixo de uma agenda sensível às necessidades dos problemas do Amazonas. Então eu vejo um presidente e um governo com vigor, com ações claras e com a disposição de colocar o Brasil num outro patamar”, observou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *