Furtos e roubos a embarcações chegam a mais de 150 em nove meses

No ano de 2016, também foram registrados 14 casos de roubos e 199 ocorrências de furtos. (Foto: Suelen Gonçalves/ G1 AM)

Dados correspondem aos meses de janeiro a setembro de 2017.

Os furtos e roubos a embarcações no Estado do Amazonas em nove meses somaram 166 casos. O balanço foi divulgado pela assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Os dados correspondem aos meses de janeiro a setembro de 2017.

No ano de 2016, também foram registrados 14 casos de roubos e 199 ocorrências de furtos. (Foto: Suelen Gonçalves/ G1 AM)

Os alvos principais também são as balsas que levam de Manaus componentes eletrônicos, dentre eles, produtos de informática e computadores. As cargas de combustíveis e botijões de gás de cozinha também têm atraído os criminosos.

Segundo informações repassadas pela SSP, os números são inferiores aos registrados no ano de 2016, em que foram contabilizados 213 casos. Os dados foram registrados entre os meses de janeiro a dezembro.

Roubos e Furtos

De acordo com o balanço, em 2017, das 166 ocorrências em embarcações, 14 foram registradas como roubo e 152 foram furtos.

Já no ano de 2016, também foram registrados 14 casos de roubos e 199 ocorrências de furtos. Em 2014, foram 107 casos de furtos e dois de roubos nos rios.

Careiro Castanho

Um dos casos mais recentes ocorreu em novembro de 2017. As Polícias Civil e Militar localizadas no município de Careiro Castanho (a 102 quilômetros de Manaus) recuperaram uma balsa e um empurrador furtados de um porto localizado na Comunidade São Sebastião do Igapó Açu, zona rural do município de Borba. Alguns suspeitos já foram identificados e estão sendo procurados pela polícia.

O delegado Danniel Antony, titular da 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), informou, por meio da assessoria de comunicação da Polícia Civil, que a balsa e o empurrador furtados pertencem a uma empresa transporte fluvial.

“No dia do crime, as embarcações faziam a travessia pelo quilômetro 250 da rodovia federal BR-319 e, no momento em que estavam atracadas no porto, foram furtadas. Após tomar conhecimento do fato, um gerente da empresa foi até a delegacia formalizar a ocorrência”, explicou Antony.

“Durante as diligências em torno do caso descobrimos que as embarcações haviam sido furtadas por elementos que residem na Comunidade Nova Geração, na zona rural de Borba. Esses infratores têm vínculo com uma empresa que opera, de maneira irregular, na travessia naquela região”, completou o delegado.

As embarcações furtadas foram recuperadas na comunidade indígena Sapucainha, situada na zona rural de Borba. Na ocasião, um representante da comunidade esclareceu que a balsa e o empurrador foram deixados no local por indivíduos que residem na Comunidade Nova Geração.

Os suspeitos devem responder por furto e associação criminosa.

 

Com Informações do G1 Amazonas

Be the first to comment on "Furtos e roubos a embarcações chegam a mais de 150 em nove meses"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*