‘FDN’ ameaça matar deputado federal eleito Alberto Neto e vários oficiais da PM

Um novo vídeo com um rap também atribuído à facção criminosa Família do Norte (FDN) começou a circular no WhatsApp nesta quarta-feira. Com imagens do vídeo anterior, a nova gravação exibe fotos de policiais militares e ameaça matá-los.

Entre os que estariam marcados para morrer estão o ex-secretário de Segurança do Amazonas, coronel Anézio Paiva; o irmão dele, tenente-coronel Klinger Paiva, ex-secretário executivo da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) da Secretaria de Segurança Pública; o capitão Alberto Neto, eleito deputado federal nas últimas eleições; o delegado Juan Valério, ex-diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO); o secretário de estado de Administração Penitenciária, coronel Cleitman Coelho; e o tenente Carpê Andrade.

No vídeo, fala-se em “Bonde da Potência Máxima”, que seria uma versão do que seus integrantes chama de “FDN Pura”.

Na abertura do vídeo estão as fotos do narcotraficante José Roberto Fernandes, o “Zé Roberto da Compensa”, e do agente penitenciário Alexandro Galvão, morto no último sábado por supostos integrantes da FDN dentro do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj)

Em nota, o deputado federal eleito, Alberto Neto disse que em sua carreira como Policial Militar ameaças como essas eram constantes e, mesmo assim, não recuou no combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas. Agora, como Deputado Federal Eleito não será diferente. “Vou continuar lutando em prol da sociedade, com implantação de projetos que tragam mais segurança, mais emprego, mais saúde e mais educação para a população brasileira”, afirmou.

Fonte: Portal do Russo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *