Evento em Manaus discute aspectos médicos e jurídicos sobre o fim da vida

Tema polêmico em diversas esferas, os aspectos médicos e jurídicos sobre o fim da vida serão discutidos, nesta quinta-feira (8), em uma roda de conversas na Faculdade Santa Teresa, Vieiralves, no horário de 17h30 às 18h30.
O evento, que faz parte do projeto ‘Papo com Mestres: diálogos interdisciplinares’, é aberto ao público, e traz à tona questões emblemáticas como a morte assistida, eutanásia e ortotanásia, além da atuação do Estado e do sistema médico, bem como o poder da família em situações como esta.

“Podem participar dos debates tanto alunos e profissionais de Direito, quanto de Medicina e Psicologia, pois aborda aspectos inerentes às três áreas”, informa a professora Cristiana Brandão, coordenadora do curso de Psicologia da FST e uma das responsáveis pelo evento desta quinta.

Além dos professores da própria instituição, que atuarão como mediadores da roda de conversa, foram convidados para o evento a procuradora do Estado, Sálvia Haddad, e o médico intensivista Paulo Gabriel Brandão, que ajudarão a enriquecer o debate com seus conhecimentos técnicos sobre a problemática.

“No caso de um paciente terminal hospitalizado, a família pode pedir para interromper o tratamento e levar essa pessoa para ter uma morte no aconchego do lar? Quem pode pedir para desligar os aparelhos de um determinado paciente? O próprio doente pode tomar esse tipo e decisão? São questões como essas, que envolvem as diversas áreas do conhecimento que serão discutidas”, explica Cristiana Brandão.

Conforme ela, a interdisciplinaridade do tema é muito importante para os alunos tanto de Psicologia, quanto de Direito e Medicina, pois envolve aspectos éticos, filosóficos e técnicos das três áreas.

“Há uma discussão mundial nesse contexto, sobre a busca da morte que se quer, e muitos países já avançaram nesses aspectos, mas no Brasil ainda estamos engatinhando. Daí a importância desse tipo de proposta para os acadêmicos de cada uma dessas áreas, visto que os alunos de Medicina precisam entender as implicações jurídicas, e os de Direito os dilemas médicos e psicológicos”.

Quem quiser participar da roda de conversa pode fazer sua inscrição, gratuitamente, no site da Faculdade Santa Teresa, pelo link https://www.even3.com.br/papocommestres1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *