Entenda o teste de gravidez de farmácia

Como os testes de farmácia funcionam?

Os testes de gravidez vendidos nas farmácias detectam a presença do hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana (hCG) na urina.

Esse hormônio é produzido pelas células que formarão a placenta. Ele entra na sua corrente sanguínea quando o embrião se implanta na parede do seu útero, pouco depois da fertilização do óvulo, e depois aparece também na urina. A quantidade de hCG no seu corpo aumenta rápido nas semanas seguintes.

A concentração de hCG no sangue costuma dobrar a cada dois dias.

Quando o teste dá positivo, é praticamente certo que há gravidez, porque seu corpo só é capaz de produzir hCG se houver um embrião (exceto em casos muito raros, descritos abaixo). Mas, quando dá negativo, pode ser que a fecundação seja recente demais para haver hCG na sua urina, e talvez o teste dê positivo depois de alguns dias.

Como se faz um teste de farmácia?

Em primeiro lugar verifique no pacote se o teste está dentro da data de validade. Para um resultado mais preciso, use o primeiro xixi da manhã, porque nesse horário a urina é mais concentrada.

Siga as instruções, porque elas podem variar dependendo da marca. Alguns tipos pedem que você faça xixi num copinho e coloque a tirinha de teste lá dentro. Já em outros tipos você coloca uma espécie de palito diretamente no fluxo de urina, para molhá-lo.

A maioria dos testes tem uma linha de controle, que serve apenas para mostrar que o teste está funcionando e que detectou a urina. O modo de mostrar o resultado pode variar, mas em grande parte dos testes é uma segunda linha, que se aparecer indica positivo. Caso nenhuma linha apareça, o teste pode estar deteriorado, e você precisará usar outro. Você pode tentar ligar para o atendimento ao consumidor do fabricante para obter um novo teste ou pelo menos um reembolso.

É recomendável fazer o teste no primeiro dia de atraso menstrual?

A maioria dos testes de farmácia afirma ter precisão de “mais de 99%”, mesmo feitos no primeiro dia de atraso, mas a história não é bem essa. Dependendo da sensibilidade do teste, pode ser até que ele consiga detectar o hCG na sua urina no dia em que sua menstruação deveria vir ou até antes, mas não são todos que conseguem.

Além disso, a concentração do hormônio na sua urina dependerá do dia em que você ovulou. Se tiver por acaso ovulado mais tarde que a metade do ciclo, talvez no dia do atraso menstrual ainda não haja hCG em quantidade suficiente no seu corpo para aparecer no teste.

Para garantir que o teste esteja certo, e para evitar dúvidas e preocupações, o melhor é segurar a ansiedade e esperar uma semana de atraso menstrual antes de fazer o teste de farmácia.

Deu negativo. E agora?

Se o teste de farmácia deu negativo, resista à vontade de ir correndo fazer um exame de sangue para ter certeza. Espere pelo menos dois dias e, se a menstruação não vier mesmo, faça um novo teste de farmácia, e assim sucessivamente. Pode ser que a fertilização tenha demorado um pouco mais a acontecer naquele mês, e aí o positivo virá mais tarde.

Lembre-se de que o principal sintoma da gravidez é a ausência da menstruação. Enquanto sua menstruação não vier, há probabilidade de que você esteja grávida. Mas, se se passarem mais de duas semanas e o exame continuar dando negativo, procure o médico para tentar descobrir o que está acontecendo.

Deu positivo, mas uma linha bem fraquinha. Estou grávida?

Se a segunda linha do teste de farmácia apareceu, mas está bem clarinha, é bem provável que tenha havido fecundação e que um bebezinho esteja se formando. Pode ser que a quantidade de hormônio ainda seja pequena porque a fertilização ainda é muito recente.

Espere dois ou três dias e faça um novo teste de farmácia, para ver se a linha do resultado fica mais forte. Caso fique, parabéns, você está mesmo grávida!

Por outro lado, se você obteve um positivo fraco e depois de alguns dias o teste deu negativo, ou se a menstruação vier, pode ser que você tenha tido o que os médicos às vezes chamam de gravidez química, uma gestação muito inicial que não foi para a frente.

Deu positivo mesmo! Posso confiar no resultado?

Sim, pode confiar no resultado, você está mesmo grávida. Pode marcar uma consulta no ginecologista ou obstetra para dar início ao seu pré-natal. Não há necessidade de fazer um exame de sangue, o beta-hCG, para confirmar a gravidez.

Alguns médicos preferem fazer o exame de sangue de qualquer jeito, mas o objetivo não é confirmar o resultado do de farmácia, e sim tentar especificar a idade gestacional e marcar um primeiro ultrassom.

Os únicos casos em que um teste de gravidez pode dar positivo e a mulher não estar grávida são bem raros, e são os seguintes:

    • Se você tiver sofrido um aborto ou uma gravidez molar até dois meses antes, e não tiver verificado seus níveis de hCG para ver se eles voltaram a zero.

 

    • Caso você tenha tomado algum medicamento que contenha o hCG, como alguns usados em tratamentos de fertilidade, no estímulo da ovulação.

 

    • Se existir um problema médico muito raro, como um tumor que secrete hCG.

 

  • Se você estiver usando um teste vencido ou com problemas, o que é incomum.

Por isso, se você conseguiu seu positivo e não se encaixa em nenhum dos casos acima, respire fundo, faça seu cadastro aqui no BabyCenter e comece a ler sobre a gravidez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *