Dupla é presa após ostentar drogas

Jovens de 19 e 21 anos usavam casa alugada como ‘boca de fumo’.
Eles foram presos nessa quarta-feira (23) por agentes do 4º DP.

Um casal suspeito de tráfico de drogas foi preso pela Polícia Civil nessa quarta-feira (22) com porções de pasta base de cocaína e skunk, em Boa Vista. Juciely Paz Ferreira, de 21 anos, e Mateus Fernandes de Souza, de 19, foram localizados após tirarem fotos ostentando entorpecentes em um celular roubado apreendido na última segunda-feira (20).

Casal usava casa alugada como ‘boca de fumo’; eles foram descobertos após se fotografarem com drogas em um aparelho roubado (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

O delegado responsável pela prisão e titular do 4º Distrito Policial, Fernando Olegário, disse que o casal foi preso em uma casa alugada no bairro Senador Hélio Campos, na zona Oeste da capital, que funcionava como ‘boca de fumo’.

Olegário disse que o celular contendo as fotos do casal com as drogas foi apreendido na segunda após rastreio. O aparelho estava em posse de Juciely que na ocasião foi conduzida à delegacia e liberada após assinar Termo Circunstanciado de Ocorrência.

“Quando rastreamos o aparelho, localizamos o endereço deles e conduzimos Juciely à delegacia. Em depoimento, ela disse não saber que o telefone era roubado e nos entregou o aparelho. Depois, achamos nele as fotos do casal exibindo drogas e iniciamos o monitoramento”, explicou Olegário.

Durante o monitoramento na quarta-feira, a polícia desconfiou que na casa funcionava uma boca de fumo e abordou um homem que saía do local. Com ele, foi achada uma porção de skunk.

Em seguida, os agentes adentraram na residência e fizeram revista no local. Durante as buscas, Juciely confessou o tráfico e indicou que havia 300g de pasta base de cocaína atrás da geladeira. Além disso, os agentes encontraram 80g de skunk e balança de precisão na residência.

Na casa, dois adolescentes de 14 e 17 anos também foram detidos. Eles confessaram que tinham consumido entorpecente e foram, junto com o casal, conduzidos ao 4º Distrito Policial.

Em depoimento, os adolescentes confirmaram que a ‘boca de fumo’ funcionava há pelo menos seis meses e foram liberados.

Questionado sobre o entorpecente, Mateus de Souza, que já tem passagem policial por roubo e tráfico, disse que Juciely havia trocado o aparelho apreendido na segunda-feira por pasta base de cocaína.

Ainda de acordo com o delegado responsável pela ação, o casal foi autuado em flagrante por tráfico, associação para o tráfico e corrupção de menor. Eles aguardam audiência de custódia.

 

Com Informações do G1 roraima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *