Defesa Civil envia 113 toneladas de cestas básicas para cidades afetadas pela cheia

Ajuda é encaminhada a municípios do AM (Foto: Divulgação/Defesa Civil)

A Defesa Civil do Amazonas vai enviar, neste fim de semana, uma balsa com 113 toneladas de cestas básicas e mais itens de ajuda humanitária para atender os afetados das calhas do Médio e Alto Solimões. Um total de 39 municípios está em situação de emergência por conta da cheia no Estado, e, com isso, mais de 64 mil famílias são afetadas.

Ajuda é encaminhada a municípios do AM (Foto: Divulgação/Defesa Civil)

A previsão é de que a embarcação saia do porto Trairí na Compensa, neste sábado (24).

“Nesta segunda fase, pelo menos 17 cidades já foram atendidas e agora as famílias prejudicadas nos oito municípios das calhas do Solimões estão recebendo a ajuda no intuito de minimizar os impactos causados pelo desastre”, afirmou o secretário executivo da Defesa Civil do Amazonas, coronel Fernando Pires Júnior.

No Alto Solimões são contemplados os afetados de Tabatinga, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Içá e Atalaia do Norte, que receberão, além das cestas básicas, kits de limpeza, redes, mosquiteiros, água e hipoclorito de sódio para purificar a água.

Os seis municípios da calha tiveram os decretos de Emergência homologados pelo Estado entre os dias 11 e 19 de maio. Destes, o mais prejudicado pela enchente é Benjamin Constant, com 2.350 famílias afetadas, em 53 comunidades.

Também serão atendidos com o apoio do órgão os municípios de Alvarães e Fonte Boa, no Médio Solimões. Juntas, as cidades somam 1.893 famílias prejudicadas.

Balanço Enchente 2017

Situação de Emergência

1- Guajará (calha do Juruá)

2- Ipixuna (calha do Juruá)

3- Eirunepé (calha do Juruá)

4- Itamarati (calha do Juruá)

5- Carauari (calha do Juruá)

6- Juruá (calha do Juruá)

7- Canutama (Purus)

8- Benjamin Constant (calha do Alto Solimões)

9- Atalaia do Norte(calha do Alto Solimões)

10-Tapauá (Purus)

11 – Tabatinga(calha do Alto Solimões)

12 – Tonantins (calha do Alto Solimões)

13 – Santo Antônio do Içá (calha do Alto Solimões)

14 – Amaturá (calha do Alto Solimões)

15 – Anamã (calha do Solimões)

16 – Anori (calha do Solimões)

17 – Coari (calha do Solimões)

18 – Iranduba ( calha do Solimões)

19 – Manacapuru (calha do Solimões)

20 – Caapiranga (calha do Solimões)

21 – Itacoatiara (calha do Médio Amazonas)

22 – Tefé (calha do Médio Solimões)

23 – São Paulo de Olivença (calha do Alto Solimões)

24 – Alvarães (calha do Médio Solimões)

25 – Boa Vista do Ramos (calha do Baixo Amazonas)

26 – Beruri (calha do Purus)

27 – Careiro da Várzea (calha do Amazonas)

28 – Maraã (calha do Solimões)

29 – Urucurituba (calha do Médio Amazonas)

30 – Careiro Castanho (calha do Solimões)

31- Manaquiri (calha do Solimões)

32- Parintins (calha do Baixo Amazonas)

33 – Nova Olinda do Norte (calha do Madeira)

34 – Fonte Boa (calha do Solimões)

35 – Nhamundá (calha do Baixo Amazonas)

36 – Codajás (calha do Solimões)

37 – Uarini (calha do Solimões)

38 – Barreirinha (calha do Baixo Amazonas)

39 – Autazes (calha do Médio Amazonas)

Total de famílias afetadas: 64.127

 

Com Informações do G1 Amazonas

Be the first to comment on "Defesa Civil envia 113 toneladas de cestas básicas para cidades afetadas pela cheia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*