David nega sua saída do PSB

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), David Almeida (PSB), negou, nesta terça-feira (6), que pretende sair do Partido Socialista Brasileiro (PSB). David que, disputou a eleição para governador pela sigla, se disse surpreso com notícia veiculada na mídia apontando seu interesse em deixar o PSB, que no Amazonas é presidido pelo vereador Marcelo Serafim, e tem como presidente de honra, deputado Serafim Corrêa.

“Serei um eterno devedor do PSB por ter me dado a oportunidade de disputar a eleição para o cargo de governador do meu Estado, onde eu tive mais de 417 mil votos. Ao contrário do que estão dizendo (sobre sua possível saída do partido), quero registrar minha gratidão ao PSB”, afirmou David.

David disse que já havia conversado com a direção estadual do PSB sobre o boato veiculado em alguns meios de comunicação locais envolvendo seu nome. A informação que dava conta da possível saída de David do PSB, se somava a uma possível articulação de apoio do parlamentar a um candidato a presidente da Mesa Diretora do Poder Legislativo. “Tudo especulação”, afirmou o presidente da Aleam.

 

Eleição na Aleam

David esclareceu ainda que não terá qualquer influência na eleição para nova composição da Mesa, que será realizada em 1o. de fevereiro de 2019, dia em que se iniciam as atividades da nova legislatura. “Queria eu ter três votos para votar em cada um deles, porém, eu não sou eleitor e nem serei deputado. Quem fará essa escolha será o novo grupo de 24 deputados estaduais, no ano que vem. Desejo êxito e sucesso, ao deputado Serafim Corrêa, ao Josué Neto e ao Belarmino Lins, que por ora postulam interesse ao cargo de chefe do Poder Legislativo”, completou.

Sobre os questionamentos de algumas pessoas a respeito do que ele vai fazer agora, David respondeu que ele tem, até o dia 31 de janeiro de 2019, a tarefa de presidir a Assembleia Legislativa e dar conta de muitas obras que estão sendo feitas na estrutura da Casa, e que depois de 12 anos da sua inauguração, precisa passar uma manutenção do prédio.

De acordo com ele, muito provavelmente, na próxima semana, as sessões ordinárias do parlamento passarão a ser realizadas, no Auditório Belarmino Lins, em função da reforma do plenário Ruy Araújo, que será iniciada nos próximos dias. “A fachada do prédio também está sendo modificada. Estamos com a construção da passarela que fará a interligação de todos os prédios da Assembleia com cobertura. A partir de 1º de janeiro de 2019, todos os processos da Assembleia serão digitalizados. Isso é um salto de mais de 100 anos. Somos uma das poucas Assembleias do País que ainda não tem o processo digital”, apontou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *