‘Curado’, Ronaldo Ésper diz que tia fez maldição para que ele fosse gay

Ronaldo Ésper revelou no ano passado que deixou de ser gay desde que começou a frequentar a Igreja Universal do Reino de Deus. Nesta quarta-feira (19), o estilista disse que a homossexualidade era consequência de uma maldição jogada por uma tia. “Ela não gostava de mim”, disse.

Em entrevista ao programa ‘Pânico’, da Rádio Jovem Pan, Ronaldo Ésper disse que foi “curado” pela religião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *