Capitão Alberto Neto encaminha nova proposta para criação de universidade no interior do Amazonas

O deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB) encaminhou na tarde desta quinta feira (21), uma nova proposta para criação da Universidade Federal do Médio e Baixo Amazonas e da Universidade Federal do Médio e Alto Solimões. A indicação será analisada pelo Poder Legislativo.

O parlamentar viu a necessidade do pedido de indicação após o veto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (18). O despacho solicitava ao Congresso Nacional que seja retirado de tramitação o projeto enviado à casa pelo ex presidente Michel Temer. O PL 11.279 previa a criação da Universidade Federal do Médio e Baixo Amazonas, a Universidade Federal do Alto Solimões e institutos federais.

Este início de ano trouxe para o povo amazonense a expectativa de uma importante e esperada ampliação da oferta de educação superior no Estado, em decorrência da apresentação do Projeto de Lei nº 11.279, de 2019, que cria a Universidade Federal do Médio e Baixo Amazonas e do Médio e Alto Solimões.

Mas, devido a retirada de tramitação da PL, muitos amazonenses que moram nas cidades de Parintins e Coari, onde seriam implantadas as duas unidades de ensino superior, e também dos municípios adjacentes, ficaram indignados, pois para eles a ampliação da oferta de vagas nas Universidades é a esperança de um futuro melhor.

“Eu sou representante dos amazonenses e sei a realidade do povo do interior que precisa ter acesso à educação de qualidade sem precisar ir para capital. É muito importante ter universidades e escolas no interior”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *