Campanha de vacinação contra febre aftosa inicia no dia 15 em Rondônia

A Campanha tem como alvo bovinos e bubalinos de até 24 meses. Foto: Reprodução/Shutterstock

Meta é vacinar cerca de 5 milhões de bovinos e bubalinos de zero a 24 meses no Estado

PORTO VELHO –  A 36ª Campanha de vacinação contra Febre Aftosa em Rondônia começa na  próxima terça-feira (15) e termina no dia 15 de maio. Meta é vacinar  cerca de 5 milhões de bovinos e bubalinos de zero a 24 meses. Os produtores têm o prazo do dia 15 de abril a 22 de maio para entregar as declarações.

Segundo o gerente de inspeção e defesa Sanitária da  Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) Alexandre dos Santos, a preocupação em Rondônia é manter o nível de conscientização dos produtores. ”A cada ano a gente mantém uma participação muito positiva e o nosso objetivo é manter a consciência do produtor sobre a importância da vacinação”, afirma.

A Campanha tem como alvo bovinos e bubalinos de até 24 meses. Foto: Reprodução/Shutterstock

A Campanha tem como alvo bovinos e bubalinos de até 24 meses. Foto: Reprodução/Shutterstock

Rondônia tem atingido nas campanhas contra aftosa cerca de 99% da meta de vacinação. Segundo o gerente de inspeção e defesa Sanitária, desde 1999 o Estado não apresenta focos da doença. ”A vacinação é a principal estratégia para combater a aftosa. Esse cuidado fez de Rondônia o quinto maior exportador de carne do Brasil em 2013”, enaltece. Rondônia é considerado nacionalmente área  livre de aftosa desde novembro de 2002 e internacionalmente desde maio de 2003.

De acordo com Santos, são mais de 12,2 milhões de bovinos e bubalinos em Rondônia distribuídos em cerca de 85 mil propriedades rurais. O gerente esclarece que a declaração deve ser realizada não só dos animais vacinados, mas também da totalidade do rebanho. As informações servem para monitorar a segurança das imunizações e abastecer os banco de dados da Idaron que são usados como base para políticas públicas de outras secretarias.

O gerente explica como é realizado o processo de imunização exigido pela campanha. ”O primeiro passo para vacinação é o produtor fazer o levantamento dos animais que devem ser imunizados, comprar a vacina na loja agropecuária e exigir a nota fiscal. Após isso, é realizada  a vacinação com qualidade e só então comparece a uma agência da Idaron e apresenta a nota fiscal e a relação de animais”, explica.

Baixo e médio Madeira

A vacinação no baixo e médio Madeira, região gravemente atingida pela cheia do rio Madeira, terá o apoio da equipe de técnicos da Idaron, em Porto Velho. ”Já temos uma programação com estrutura, embarcações. Não haverá prejuízo para aqueles produtores atingidos pela cheia. A campanha para eles também será mantida de 15 de abril a 15 de maio. Vamos ajudar cada produtor e pedimos que eles também procurem a Agência”, afirma.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) alerta que a febre aftosa é uma doença muito contagiosa transmitida através de vírus presente na saliva, no líquido das aftas, no leite e nas fezes dos animais doentes. Quando desenvolvem a doença, os animais não conseguem se alimentar. A doença costuma ser fatal, principalmente para os animais jovens. Quando casos são confirmados, a medida adotada é o sacrifício dos animais doentes.

Be the first to comment on "Campanha de vacinação contra febre aftosa inicia no dia 15 em Rondônia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*