Bombeiros acham difícil encontrar corpo de bebê jogado no rio pelo próprio pai

São muito remotas as chances de encontrar o corpo do bebê de apenas quatro meses,lançado nas águas do rio Negro pelo próprio pai na noite da última sexta-feira (14). A informação é do Corpo de Bombeiro, que neste domingo (16) já está em seu segundo dia de buscas.

Corpo de bombeiros acredita que será difícil encontrar corpo de bebê jogado no rio negro pelo próprio pai. Foto: Divulgação
Corpo de bombeiros acredita que será difícil encontrar corpo de bebê jogado no rio negro pelo próprio pai. Foto: Divulgação

Segundo o assessor de imprensa da corporação, tenente Janderson Lopes, por se trata de uma área muito abrangente, com grande correnteza e profundidade maior que 50 metros, a operação se torna muito arriscada. Quanto mergulhadores trabalharam durante todo o dia de sábado e retomaram as buscas nas primeiras horas de hoje.

O fato aconteceu após uma discursão entre a mãe do bebê e o pai, que se recusava a pagar a pensão alimentícia. Conforme relatos, na sexta-feira, da mãe identificada como Cleudes Maria Batista de Moraes, 22, teria ido até o porto do São Raimundo, localizado na Zona Oeste para receber o benefício.

O canoeiro Josias da Silva Alves, pai do menino, teria então convidado Cleudes a ir com ele até a outra margem do rio, na casa do patrão para pegar o dinheiro, mas durante o percurso, a agrediu com uma corda e tentou jogá-la no rio com o bebê.

Sem conseguir, arrancou a criança dos braços dela e em seguida atirou na água, nas proximidades da Ponte Rio Negro. Segundo o depoimento da mulher, para se livrar do ex-companheiro e tentar salvar o filho, ela se jogou na água.  Como não conseguiu resgatar o bebê, nadou até a margem, onde recebeu ajuda de populares.

O caso foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), localizado na Zona Oeste.  O delegado plantonista Antônio Valente Maia, disse que o suspeito do homicídio doloso, (quando a intenção de matar), continua desaparecido, mas que a Civil está intensificando as buscas, que tiveram início ainda na madrugada do sábado.

 

Matéria: Gerson Freitas
Fonte: Em Tempo Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *