Atrair novos investimentos para o Amazonas e garantir a competitividade das indústrias instaladas na Zona Franca de Manaus são prioridades Wilson Lima

O governador eleito Wilson Lima participou nesta sexta-feira (14) da última reunião deste ano do Conselho de Administração da Suframa (CAS).

A reunião do CAS foi presidida pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima, e contou com a presença do superintendente da Suframa Appio Tolentino, conselheiros representantes dos diversos ministérios do CAS e representantes de entidades de classe e outros órgãos governamentais da região.

Na oportunidade, Wilson Lima reafirmou que será prioridade do governo desenvolver ações que atraiam novos empreendimentos para o Amazonas, que resultem na abertura de novos postos de trabalho e, ao mesmo tempo, criem novas alternativas econômicas.

Além disso, o governador eleito destacou que é preciso garantir a competitividade das empresas já instaladas no Amazonas, protegendo a lei de incentivos fiscais e destravando pautas que contribuam com o desenvolvimento do Pólo Industrial de Manaus. Isso só será possível com a parceria entre todos os órgãos, entidades, parlamentares e o governo federal.

“O canal de diálogo está aberto com a nova equipe do presidente eleito. Está se construindo um bom relacionamento com os governadores da região norte e das outras regiões do país, há um entendimento de vários setores, e também dos parlamentares estaduais e federais que a gente precisa sentar na mesa, dialogar e tomar decisões importantes para a área econômica. Precisamos ter clareza de que, no momento em que a gente tem o desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda, tudo melhora”, disse ele.

O superintendente da Suframa, Appio Tolentino, reiterou a importância da união entre as instituições. “Para gerar desenvolvimento, para gerar desburocratização e transformar a Suframa num órgão de desenvolvimento. Entendemos claramente que devemos estar atentos na Defesa da Zona Franca, unir bancadas que abrangem toda a Zona Franca de Manaus, andar juntos para atrair investimentos e lutar para mantê-los. Precisamos vender mais e comprar mais de nós mesmos”, destacou.

O Conselho de Administração da Suframa aprovou nesta sexta-feira um total de 27 projetos industriais e de serviços para implantação, ampliação, atualização ou diversificação de empresas. Esses projetos somam US$ 105.967 milhões em investimentos e prevêem a contratação de 1.294 trabalhadores no Pólo Industrial de Manaus a partir do terceiro ano de funcionamento das linhas de produção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *