Após quatro horas de reunião, greve de ônibus está descartada em Manaus

A greve de ônibus, que estava programada para acontecer nesta sexta-feira (7), está descartada. Após quatro horas de reunião na sede do Ministério Público do Trabalho, a portas fechadas, entre rodoviários e empresários, ficou acertado que 100% da frota estará circulando nas ruas de Manaus.

Na reunião, mediada pelo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT), Jorsinei Dourado, as partes concordaram que, haverá uma nova rodada de negociação. O encontro está marcado para a próxima quinta-feira (13/11), na sede do MPT.

Além de representantes do órgão, participaram da reunião, o Sindicato dos Rodoviários e a Superintendência Municipal dos Transporte Urbanos (SMTU).

O motivo para o anúncio da greve, segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira, é a insatisfação geral dos trabalhadores com os constantes atrasos dos salários, a suspensão dos planos de saúde e o descumprimento no pagamento das horas extras e feriados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *